Ubuntu 12.04 Precise Pangolin ScreenshotO Ubuntu é um sistema equivalente ao Windows, mas com muitas vantagens para o utilizador comum: traz um conjunto de aplicações base suficiente para a maioria dos utilizadores, é seguro e instala praticamente todos os drivers necessários para os vários periféricos de forma totalmente automática. O Ubuntu destaca-se claramente em relação ao Windows pelo simples facto de ser um sistema bastante mais organizado e seguro. Não existe vírus nem spywares que o utilizador precise de se preocupar, nem existe necessidade de desfragmentar ou limpar resíduos para ele se manter rápido ao longo do tempo.

O conjunto de aplicações base que o Ubuntu traz é bastante completo, destacando-se: as aplicações de escritório, como o processador de texto (semelhante ao Microsoft Word), a folha de cálculo (Excel) e o Impress (equivalente ao PowerPoint); aplicações para organização da biblioteca de multimédia, nomeadamente de música e fotografia; e uma forte vertente para as redes sociais, com o navegador de Internet Firefox, uma aplicação para o chat que permite falar com contactos MSN, Gtalk (do gmail) e Facebook ao mesmo tempo, e até uma aplicação para ver as atualizações dos amigos de Facebook e Twitter.

Em suma, o Ubuntu é sem dúvida, a melhor escolha para todos aqueles utilizadores que fazem um uso normal do computador: visitando páginas de Internet, falando com os amigos, criando documentos para o trabalho/escola e desfrutando de músicas e filmes. Por isso, aventure-se neste Ubuntu 12.04 que é o Ubuntu mais esperado de sempre, que terá suporte (atualizações automáticas) até 2017!

Ubuntu 12.04 Precise Pangolin applicationsAssim, este artigo tem como objetivo ajudar você (seja experiente em Ubuntu ou completamente desconhecedor dele), a instalar o Ubuntu no seu computador, com o Windows (normalmente chamada instalação em DualBoot) ou sozinho.

Considere ler todo
o artigo primeiro
e só depois proceda
à instalação do Ubuntu!

Neste artigo encontrará todos os pormenores que encontrará durante a instalação do Ubuntu, nomeadamente:

  • Pré-requisitos deve ter em conta;
  • Criação de partições;
  • Instalação com o Windows, caso queira;
  • E ainda recomendações pós-instalação.

Todo o artigo é fundamentado através de imagens em miniatura que contextualizam as situações. Caso precise de visualizar melhor essas situações, clique nas imagens para deixar de ver a miniatura e passar a ver a imagem completa. Por fim, e antes de iniciar a explicação em concreto, deve ter em conta que se você nunca instalou o sistema operativo, provavelmente terá dúvidas. É nesse sentido então que sugerimos duas maneiras de pedir ajuda:

Apesar de o Ubuntu ser ótimo para a maioria dos utilizadores, este sistema pode não ser adequado para utilizadores que fazem uso do computador para trabalhar com alguns softwares proprietários, nomeadamente: Photoshops, CADs, e Jogos para Windows, podem não funcionar corretamente no Ubuntu. Nesses casos, o Ubuntu não é indicado, no entanto, tal como vai ver neste artigo, ao instalar o Ubuntu poderá manter o Windows instalado ao mesmo tempo!

 

Já tem o Ubuntu instalado?

home_separadaMVocê já tem o Ubuntu instalado no seu computador? Na altura que instalou, utilizou algum método explicado aqui no Ubuntued? Se sim, está com sorte pois a atualização é super rápida e segura, basta seguir os passos referidos neste artigo:

Apenas tenha em atenção que se encriptou a sua Pasta Pessoal, deverá pôr exatamente a mesma senha e nome de utilizador!

 

Pré-Requisitos

Para o Ubuntu funcionar corretamente, tal como qualquer software, é necessário que o computador tenha determinadas características mínimas. É nesse sentido que esta secção do artigo é importante, pois de seguida apresenta dois tipos de requisitos que deve ter em conta:os requisitos mínimos aos quais sem eles o Ubuntu poderá não funcionar corretamente; os requisitos recomendados, que permitem ter todas as funcionalidades existentes, nomeadamente ter efeitos especiais na gestão de janelas de uma forma fluida (veja este vídeo para ver alguns dos efeitos visuais).

 

Requisitos mínimos

Nesta subsecção do artigo são apresentados os requisitos mínimos necessários para poder instalar o Ubuntu. Sem estes requisitos, o Ubuntu poderá não funcionar corretamente. Poderá ser bastante lento, não ter os efeitos visuais referidos no parágrafo acima e, no caso de não ter espaço suficiente, poderá nem sequer ser bem sucedida a instalação. Assim, de forma a evitar estes problemas, o seu computador deverá ter os seguintes requisitos:

  • Processador: Pentium 4, 1GHz
  • Memória RAM: 512MB
  • Disco: 5GB
  • Placa de vídeo: qualquer placa de vídeo! No entanto, algumas placas de vídeo antigas poderão não ser capazes de processar os efeitos visuais e nesse caso o Ubuntu funciona corretamente mas sem os efeitos visuais e sem as sombras nas janelas.

De salientar que estes valores mínimos são efetivamente mínimos e por isso poderá sentir alguma lentidão. Talvez para casos semelhantes a este você deva utilizar o Unity2D.

 

Requisitos recomendados:

Ao contrário dos requisitos referidos na subsecção anterior, nesta subsecção os requisitos referidos servem como marco a partir do qual, salvo exceções, o seu computador será capaz de funcionar perfeitamente com o Ubuntu.

Caso o seu computador tenha os requisitos enunciados a seguir, então o Ubuntu conseguirá apresentar-se nas melhores condições, com os efeitos visuais mostrados acima, com as janelas com sombras e com o novo gestor de janelas Unity (referido aqui, por exemplo). Segue então os requisitos mínimos recomendados:

  • Processador: Pentium 4, 1.5GHz
  • Memória RAM: 1GB
  • Disco: 10GB (Espaço suficiente para instalar uma grande quantidade de aplicações extra.). Se você gosta de instalar muitos programas, nomeadamente IDE’s que podem ocupar um pouco mais de espaço, então deve considerar ter 15GB de espaço livre.
  • Placa de vídeo:
    • De preferência nVidia porque tem bons drivers do próprio fabricante! Para ter todas as capacidades dos efeitos visuais deve ter no mínimo uma Geforce6, no entanto, o funcionamento de uma geforce4 chega para os efeitos visuais comuns. Deve ter em atenção que as placas de vídeo da Nvidia para portáteis, que têm suporte Optimus, precisará de instalar uns drivers adicionais;
    • Relativamente ao fabricante ATI, recomendo no mínimo um R300, mas tenha em atenção que esta marca de placas de vídeo tem muitos problemas de drivers de placas mais antigas!
    • Quanto aos utilizadores das excelentes placas gráficas integradas da Intel, qualquer uma superior à GMA 3000 terá bons resultados, aliás nem será preciso instalar drivers!

     

Faça download do Ubuntu

Enquanto lê este artigo, é recomendável que faça download do Ubuntu. Como o tamanho do Ubuntu ainda é considerável (pouco mais de 700MB), você pode pôr já o seu computador a fazer download enquanto lê este artigo.

De forma a evitar tornar este artigo demasiado extenso, para fazer download do Ubuntu, visite a referência seguinte onde são apresentadas as várias versões e arquiteturas do Ubuntu:

 

Grave o Ubuntu numa PenUSB ao invés do CD!

Ubuntu numa penO tamanho do Ubuntu é pouco mais de 700MB, ou seja pode ser gravado num CD. No entanto, gravar num CD não só faz com que você gaste dinheiro a ter de comprar um CD virgem, como fará com que a instalação seja um pouco mais lenta (já para não falar do facto de que sendo um pouco mais de 700MB traga uma probabilidade de a gravação falhar por ser superior à capacidade do CD).

Assim, nesta secção, que é opcional claro, recomenda-se a gravação do Ubuntu não num CD, mas, sim, numa penUSB. Caso o faça, poupará dinheiro e o meio ambiente e ainda terá uma instalação do Ubuntu bem mais rápida.

Assim, depois de ter transferido o ficheiro do Ubuntu (explicado na secção anterior), utilize um dos procedimentos explicados no artigo seguinte para gravar o Ubuntu numa pen e tornar a instalação no seu computador bem mais rápida:

 

Configure a sua BIOS!

A BIOS é o “programa” que aparece no seu monitor imediatamente a seguir ao carregar no botão de ligar o computador. Ora, uma das funcionalidades muito importantes que a BIOS tem é o facto de ser nela que se define por onde iniciar o computador: pelo disco (e qual o disco no caso de ter mais que um), pelo CD-ROM ou até pelo pen-drive.

Atualmente, a maior parte dos computadores vem já com a BIOS programada para arrancar pelo CD e/ou pelo pen-drive. No entanto, caso tenha inserido o seu CD ou pen-drive do Ubuntu no computador e o computador não tenha iniciado por um desses, então terá de configurar a BIOS para que ela faça o computador iniciar por um desses dispositivos (conforme você tenha escolhido, ou por pen ou por CD).

A configurar a BIOS para arrancar com dispositivos USB

Como existe uma imensidão de BIOS diferentes, pois cada fabricante tem o seu próprio software e depois conforme o computador ainda pode variar de BIOS, a modificação das configurações não é explicada neste artigo. No entanto, recomenda-se que utilize o site referido a seguir que apresenta as várias maneiras de mudar a organização do arranque do computador conforme cada BIOS:

http://www.hiren.info/pages/bios-boot-cdrom

No caso de não ter conseguido através desse site, recomenda-se que procure no Google pelo modelo da sua motherboard para tentar modificar a BIOS. Este processo é bastante intuitivo, por isso acredito que mesmo que nunca o tenha feito, fará com alguma facilidade. No entanto, caso sinta alguma dificuldade, sinta-se à vontade para perguntar no Fórum Ubuntued!

 

Particionamento

Para instalar o Ubuntu, não é estritamente necessário perceber de particionamentos do disco, no entanto, para um ótima instalação do Ubuntu, esse particionamento tem de existir nem que seja de forma automática. Na verdade o instalador do Ubuntu, faz instalações automáticas com um nível de sucesso bastante bom, no entanto, as exceções existem e por isso mesmo a recomendação da equipa do Ubuntued é que você faça o particionamento manualmente para ter a certeza absoluta que tudo decorre na normalidade.

Particionamento de um disco com o Windows e Ubuntu

Faça uma cópia de segurança!

É altamente recomendável
que você faça
cópias de segurança!

Apesar deste artigo lembrar-lhe de todos os pormenores que poderão correr mal, a probabilidade de algo excecional acontecer nunca é nula. Por isso, mesmo que o procedimento explicado neste artigo seja o mais aconselhável para tudo correr bem, o melhor é você fazer cópias de segurança!

Na verdade, o particionamento do disco não é mais que uma divisão do mesmo em sectores que depois ficam independentes. Ora, essa divisão, apesar de bem controlada através das recomendações seguintes, pode ocorrer em cima de algum ficheiro importante e você perdê-lo! Assim, caso faça cópias de segurança poderá garantir que não vai perder estes dados.

Ainda sobre o particionamento, você apenas tem de fazer isto uma vez! Depois disso, sempre que instalar o Ubuntu nunca mais precisará de se preocupar com partições e, aliás, como vai ter os dados localizados numa parte específica do disco, sempre que instalar o Ubuntu ou Windows nunca mais vai correr riscos de perder dados!

 

Pré-Particionamento

Antes de particionar o seu
disco execute várias vezes
o desfragmentador do Windows!

Tal como referido acima, como o particionamento é uma divisão do disco bem definida, casos os ficheiros estejam espalhados pelo disco, você pode correr o risco de perder os dados. Mesmo sabendo que se tem cópias de segurança, convém tentar não precisar de recorrer a elas, assim, este passo é extremamente importante para organizar os ficheiros do seu disco de forma a que a divisão não ocorra em cima deles.

Basicamente este passo não é mais que desfragmentar o disco, preferencialmente várias vezes! Por isso, mesmo antes de você continuar a ler, ponha o seu Windows a desfragmentar! Sobre a necessidade de desfragmentar o disco, ela ocorra pois o Windows tem uma forma de guardar os dados um pouco luxuosa, no sentido que os espalha pelo disco sem os organizar corretamente (veja a imagem abaixo).

Então, o processo de desfragmentação vai pegar nos ficheiros espalhados pelo disco e vai reorganizá-los num só local, deixando tudo o resto vazio e pronto a ser divisível/particionável. Para desfragmentar o disco, você pode utilizar a ferramenta que o Windows traz de origem. Essa ferramenta está acessível na aba “Ferramentas” das “Propriedades” do disco.

A desfragmentar o disco

Particionamento

Tendo em conta os dois pontos anteriores muito importantes para garantir que tudo decorre sem percalços, chegou a hora de você efetivamente realizar o particionamento do disco. Antes de mais, é importante frisar que caso você tenha um windows razoavelmente novo, existe uma certa probabilidade de ele “não gostar” que você instale o Ubuntu. Isto nem sempre acontece e há alguns utilizadores que dizem que nunca tiveram problemas, no entanto, por experiência própria, acho que você deve pôr este ponto em consideração.

Os últimos Windows têm
proteções contra o Ubuntu
por isso reduza o tamanho
do disco através do Windows

Basicamente o que acontece é o seguinte: você ao dividir o disco em várias partições vai fazer com que a partição do Windows fique mais pequena. Ora o Windows Vista e o Seven têm uma proteção, provavelmente contra o Ubuntu visto que é concorrência direta, em que deixa de funcionar caso haja uma mudança de tamanho da sua partição.

Assim, para evitar que isso aconteça, a equipa do Ubuntued recomenda que o redimensionamento da partição seja feito primeiro através do Windows e depois a criação das várias partições seja feita através do Ubuntu. Assim, o Windows não “se vai queixar” de que a sua partição tenha sido redimensionada e você depois tem toda a liberdade de mexer com o novo espaço livre através do Ubuntu, visto que o Windows não conseguirá dar conta.

Então, recomendamos que utilize o procedimento explicado no link seguinte em que é apresentado todo o procedimento de redimensionamento (bem como a recomendação da desfragmentação) através do Windows. O espaço que vai dedicar ao seu Ubuntu varia muito com o que você quer fazer dele. No entanto, tenha em conta os espaço que quer deixar para o Windows e tenha em conta que o Ubuntu precisa pelo menos de 5GB mais o espaço para as aplicações e ficheiros pessoais.

WindowsShrinkM

Antes de realizar o procedimento de redução da partição explicado no link acima, caso você não tenha ainda noção do espaço a reduzir, leia o resto deste artigo bem como o do link que aparece já a seguir para ter uma melhor perceção do espaço necessário!

Depois de você reduzir o espaço ocupado pelo Windows, você fica com um espaço livre no seu disco pronto a ser trabalhado em termos de novas partições que serão utilizadas de forma ótima pelo Ubuntu. Esse trabalho de criar novas partições é bastante simples, no entanto pode parecer complicado para os primeiros utilizadores. Assim, a equipa do Ubuntued criou um artigo inteiramente dedicado a esse assunto, explicando minuciosamente cada dúvida que poderá ter e ainda disponibilizou um vídeo demonstrativo. Esse artigo está no link seguinte:

Particione o disco para instalar o UbuntuM

Arranque o seu computador pelo CD ou PenDrive

Provavelmente se você já teve a particionar o seu disco através do Ubuntu (através do último artigo referido acima), você já sabe como arrancar com o Ubuntu, no entanto, este secção serve como tira dúvidas relativo a esse assunto.

Depois de configurar a BIOS do seu computador para arrancar por um dos dispositivos que irá utilizar para arrancar com o Instalador do Ubuntu, insira o CD ou o PenDrive no computador e reinicie-o! Em princípio, se configurou bem, o Ubuntu irá arrancar imediatamente apresentando a imagem seguinte:

A arrancar o Ubuntu

Caso não faça nada, o Ubuntu irá arrancar normalmente e irá apresentar uma janela (semelhante à imagem seguinte) em que pode escolher se quer instalar o Ubuntu ou apenas experimentar. No caso de carregar na tecla ESC (também denominada Escape) aquando da situação da imagem acima, será apresentada uma lista de línguas e, depois de escolher a língua, poderá experimentar o Ubuntu, instalar e até verificar a qualidade do CD e do seu computador. No entanto, não abordaremos essa parte neste artigo.

experimente o ubuntu 12.04M

Assim, quando o Ubuntu apresentar a janela da imagem acima, escolha a sua língua, Português ou Português do Brasil, e clique no botão “Experimente o Ubuntu“! Espere mais um pouco até o Ubuntu carregar. Quando este processo terminar, será apresentado no seu monitor o Ubuntu completamente funcional e a funcionar apenas na memória, ou seja, neste momento tem um sistema operativo a correr sem estar a utilizar o seu disco! Recomendamos que experimente o Ubuntu durante um pouco de tempo para ver se está a funcionar corretamente. Caso esteja a funcionar bem, prossiga com o referido no resto deste artigo.

ligar à rede internet ubuntu

Entretanto, e antes de iniciar a explicação de todo o processo de instalação do Ubuntu, recomendamos que, antes de qualquer outra coisa, configure o acesso à Internet clicando no ícone apresentado na imagem acima e escolhendo a rede a ligar. Assim, durante a instalação, poderá instalar atualizações que possam haver, poderá instalar pacotes de multimédia e até poderá navegar pela Internet e falar com os seus amigos no MSN enquanto instala o Ubuntu!

 

Instalação do Ubuntu

Tendo em conta que você já criou as partições para instalar o Ubuntu, então você tem tudo preparado para iniciar o processo de instalação. Para tal, dê duplo clique no ícone do ambiente de trabalho intitulado “Instalar o Ubuntu 12.04 LTS”.

vlcsnap-2012-05-02-02h00m50s146M

Quando o instalador do Ubuntu aparecer, deverá selecionar a sua língua e clicar no botão “Continuar”.

vlcsnap-2012-05-02-02h01m16s168M

Na nova secção será apresentada uma pequena análise que o instalador do Ubuntu fez (veja imagem abaixo), indicando se tem espaço suficiente, se tem acesso à Internet e, muito importante, se tem o computador ligado à corrente! Nesta secção são também apresentadas duas opções: A primeira serve para instalar atualizações que possam existir durante a instalação do Ubuntu (necessita de acesso à Internet para utilizar esta opção); a segunda opção serve para instalar software adicional para leitura de ficheiros multimédia, nomeadamente MP3!

A equipa do Ubuntued recomenda que ponha pelo menos o visto na segunda opção. Quanto à primeira, como a instalação pode ficar demasiado demorada, você pode escolher não atualizar já o Ubuntu e, depois de instalação, proceder à instalação das atualizações que existirem.

Selecione então a ou as opções e clique em “Continuar”!

vlcsnap-2012-05-02-02h01m46s217M

Será então apresentada uma nova secção do instalador que deverá ter muita atenção! Nesta secção deverá escolher onde instalar o Ubuntu. O instalador disponibiliza opções automáticas de instalação, no entanto, a equipa do Ubuntued não recomenda que escolha uma dessas opções. A nossa recomendação é a instalação manual, em que pode escolher livremente as partições a utilizar. Assim, para configurar manualmente, escolha a última opção, intitulada “Opção Avançada” tal como pode ver na imagem abaixo, e clique em “Continuar”!

vlcsnap-2012-05-02-02h02m28s118M

Se tudo correr bem, serão apresentadas as várias partições que criou anteriormente com o Gparted! Assim, deverá antecipadamente analisar, pelos tamanhos das partições qual será qual e depois prosseguir com a definição das partições.

vlcsnap-2012-05-02-02h02m47s55M

Assim, comece por definir a partição que servirá para a sua Pasta Pessoal, ou seja, a partição “/home”. Para tal, selecione a respetiva partição e clique no botão “Alterar” (no caso do exemplo do artigo, a partição para a /home é a que tem maior tamanho, ou seja, a /dev/sda4).

vlcsnap-2012-05-02-02h02m47s57M

Será apresentada uma nova janela que deverá preencher de forma muito semelhante à da imagem acima. Na primeira opção, não precisa de modificar o valor, pois já definiu o tamanho da partição quando teve a trabalhar com o Gparted.

Quanto à segunda opção, a “Usar como:“, deverá definir o tipo de ficheiros mostrado na imagem, ou seja: “Sistema de arquivos com “journaling” Ext4“. Na terceira opção, dependerá da sua situação: caso nunca tenha instalado o Ubuntu, adicione um visto; Caso você tenha instalado anteriormente o Ubuntu através das recomendações da equipa do Ubuntued, não ponha aqui nenhum visto (para mais informações veja este artigo);

Por último, e muito importante, na opção “Ponto de Montagem” deverá escolher a opção “/home”, pois será a partir desta opção que o Ubuntu saberá que esta partição será para armazenar todos os seus dados e configurações. Depois disso, clique em OK.

vlcsnap-2012-05-02-02h02m47s58M

De seguida, deverá selecionar a partição para a raiz do Ubuntu, ou seja, a partição para o Ubuntu e seus programas. Em princípio (se seguiu este artigo) esta partição terá o tamanho que ronda os 10GB e 15GB, por isso, é fácil de a identificar. Então, selecione-a e clique também no botão “Modificar”. Ao clicar nesse botão é apresentada uma janela semelhante à imagem acima.

Para começar, tal como a partição anteriormente referida, não precisa de modificar o seu tamanho, por isso, na primeira opção não modifique nada. Relativamente à segunda opção, deverá escolher também o mesmo tipo de ficheiros “Sistema de arquivos com “journaling” Ext4“. Como não tem qualquer interesse nos dados que estiverem nesta partição, adicione o visto na opção “Formatar a partição“.

Por fim, na opção “Ponto de Montagem“, que indica o propósito da partição, deverá escolher a opção “/” que significa a raiz do Ubuntu, ou seja, a partição onde estará o Ubuntu em si!

7SWAPM

Relativamente à partição SWAP, esta como tem o tipo de ficheiros “Linux-Swap” é sempre detetada automaticamente pelo Ubuntu, por isso não precisa de modificar nada. Entretanto, caso você não tenha escolhido nenhuma partição SWAP, ao prosseguir com a instalação o Ubuntu irá avisar que não a tem. Simplesmente clique em “Continuar”! De salientar apenas que ao não ter a partição SWAP você não terá a opção de hibernar no seu Ubuntu.

vlcsnap-2012-05-02-02h04m22s240M

No final da configuração do Ubuntu, a janela do Instalador do Ubuntu deverá ser bastante semelhante à imagem acima (clique nela para ver melhor!). Ou seja, deverá ter duas partições com o tipo de ficheiros ext4 e nessas duas partições terá de ter alguma coisa definida na coluna “Ponto de Montagem“. Se estiver assim, clique no botão “Instalar Agora” para começar a instalação!

vlcsnap-2012-05-02-02h04m53s37M

Enquanto o Ubuntu tiver a instalar no seu computador, deverá ainda preencher alguns campos importantes que definirão algumas opções do Ubuntu. A primeira pergunta que o Ubuntu lhe irá perguntar é qual a sua localização. Ela é muito importante para a definição das horas e para ele saber quando alterar o horário de inverno e de verão, por isso selecione-a corretamente e clique em “Continuar”.

vlcsnap-2012-05-02-02h05m27s122M

De seguida, deverá selecionar o modelo do seu teclado. O Ubuntu normalmente é muito inteligente na escolha do teclado e consegue acertar no modelo correto quase sempre! No entanto, para você ter a certeza que ele escolheu o teclado correto, recomenda-se vivamente que escreva alguns carateres especiais na caixa de texto com esse propósito, nomeadamente letras com acentos, o símbolo do asterisco entre outros carateres. No caso das teclas que carregou gerarem as letras certas, então o teclado foi selecionado corretamente. Caso isso não tenha ocorrido, deverá selecionar outro modelo ou então, clique no botão “Detectar Layout do teclado”, esta opção é extraordinária e promete acertar no seu teclado com poucas perguntas! Depois disso, clique em “Continuar”.

Por fim, o Ubuntu irá perguntar alguns dados dados pessoais: o seu nome, nome de utilizador e a senha. Deve ter em consideração que o nome do utilizador tem de ter apenas letras minúsculas, caso contrário, não consegue concluir a instalação do Ubuntu.
vlcsnap-2012-05-02-02h05m48s78M

Relativamente à senha, esta será utilizada para fazer login no Ubuntu e será também utilizada para instalar programas e modificar opções importantes do Ubuntu. Em todos esses casos, por questões de segurança, será sempre questionada essa password, pelo que deverá ser complexa mas ao mesmo tempo fácil de decorar!

Não deve utilizar uma senha muito simples, nomeadamente “qwerty”, ou “12345” ou algo desse género, pois já tivemos conhecimento de alguns computadores com Ubuntu terem sido hackeados por terem passwords demasiado simples! Isto acontece pois alguns programas, nomeadamente o qBitTorrent, têm opção de criar um servidor que fica visível na Internet e acessível através da senha definida. Por isso, convém sempre ter algo relativamente complexo e não usual.

Depois de preencher estes campos, clique em “Continuar” e aguarde até que a instalação se conclua. A instalação poderá demorar algum tempo caso tenha escolhido as duas opções de atualização e instalação de pacotes multimédia. Por isso aguarde que termine e enquanto isso, pode navegar na Internet, pelo Ubuntued por exemplo, ou converse com os seus amigos através da aplicação Chat do Ubuntu! ;)

vlcsnap-2012-05-02-02h06m29s227M

Quando a instalação terminar, será apresentada uma janela semelhante à da imagem acima. Se tiver alguma aplicação aberta com alguma coisa importante, guarde e depois clique no botão “Reiniciar agora” para começar a utilizar o novíssimo Ubuntu 12.04 Precise Pangolin!

 

Pós-Instalação

Após a instalação do Ubuntu, verá que este tem já uma grande quantidade aplicações que servem para todas as necessidades do utilizador comum. No entanto, existe muitas funcionalidades que muitos utilizadores podem precisar. É nesse sentido que a equipa do Ubuntued criou esta secção deste artigo.

Assim, para começar, uma das primeiras coisas que a equipa do Ubuntued faz sempre que instala um novo Ubuntu é instalar todos os pacotes necessários para leitura de ficheiros multimédia, nomeadamente mp3, divx, 7z, entre muitos outros formatos. Existe um artigo completamente dedicado a este assunto que recomendamos a sua leitura:

Caso você não goste do Unity, o sistema de gestão de janelas deste novo Ubuntu, que apresenta uma barra superior e outra esquerda, então pode mudar para o sistema clássico, que funciona de uma maneira semelhante ao Windows. Para tal, visite este artigo e veja como pode facilmente modificar o sistema de gestão de janelas:

Por fim, se você não gostar da aparência do Ubuntu, então fique sabendo que ele é completamente personalizável e por isso mesmo, o Ubuntued tem uma série de artigos que decorre todos os dias múltiplos de 10 de cada mês sobre visuais do Ubuntu. Cada artigo apresenta um visual completo recheado de pormenores muito bonitos. Atualmente a série conta já com mais de 80 visuais e pode ser seguida através deste link:

slifeatMserieM
anbfinal4Mrad7M

Depois de personalizar o seu Ubuntu, convidamos-lhe a partilhar o resultado no tópico do Fórum do Ubuntued dedicado a esse propósito. No final da cada semana, fazemos um apanhado de todas as participações e criamos um artigo sobre isso. O tópico das partilhas dos ambientes de trabalho que você está convidado a participar é o seguinte:

 

Vídeo demonstrativo

Por fim, apresentamos-lhe um vídeo demonstrativo que cobre todos os aspetos referidos neste artigo. Para além de mostrar todo o processo de instalação, ainda são referidos os pormenores que se deve ter em conta e ainda se demonstra algumas aplicações e os primeiros passos a tomar logo após a instalação do Ubuntu.

 

110 Respostas ate agora.

  1. Roger diz:

    Galera acabei de baixar o ubuntu só que ñ vou colocar em pendrive ou cd, estou colocando ele na hd jah formatada em que pretendo instala-lo vcs acham que vai dar certo ?
    vou fazer esse procedimento e posto se deu ok.

  2. vagner ferreira diz:

    Ola !!!
    Adorei o UBUNTU 12.04 mas estou com um grave problema, a resolução de monitor procurei na net e nada do que eu fiz deu certo, por que vc´s não fazem um tutorial em video de como resolver isso. muitas pessoas estão desistindo do ubuntu por causa deste problema.

  3. Jean diz:

    Sério é desanimador… sou iniciante no Ubuntu, fiquei fascinado quando vi ele pela primeira vez, porém sempre quando inicializo pelo pendrive e coloco para iniciar sem instalação ou com instalação a tela do meu notebook fica preta… procurei no google pessoas que aconteceu isso…. vi suas respostas e tentei instalar denovo seguindo as dicas, nenhuma deu certo. Já desisti de instala-lo. O jeito é esperar outra versão e até la ir usando o windows.

  4. VRRP diz:

    PROBLEMAS PARA CONECTAR INTERNET COM MODEM USB 3G (BANDA LARGA MÓVEL) COM O UBUNTU 12.04 : O SÍTIO ABAIXO É DE GRANDE VALIA PARA RESOLVER ESSE PROBLEMA :
    http://askubuntu.com/questions/143989/3g-usb-mode

  5. Marcelo diz:

    Boa noite! Comprei um PC novo e tentei instalar o Ubuntu 12, mas ele não carrega nada! Fica eternamente em uma tela preta. Tentei instalar o 11 e carrega muitas informações de texto e trava nesta mensagem:
    "udevadm settle – timeout of 120 seconds reached, the event queue contains: /sys/devices/pci0000:00:02.0 (1157)"

    Meu PC tem a seguinte configuração:
    Core i7 2 geração
    Placa mãe Intel DQ77MK
    NVIDIA GTX 550 Ti 1GB
    8GB RAM Corsair

    Como posso instalar Ubuntu??

    Obrigado!

  6. Dominique diz:

    Exenlente, valeu. Muito obrigado

  7. Marco diz:

    Dica excelente! Parabéns ao Cláudio por tal artigo e por dedicar um pouco de seu tempo a detalhar o processo, ajudando a toda gente "ubuntólatra" ;)
    Muitíssimo obrigado!

  8. VRRP diz:

    Tão logo recebi o pendrive (dispositivo USB) de boot do UBUNTU, fui configurar a Bios do meu netbook para dar boot pelo dispositivo USB. Mas, houve uma surpresa : não consigo mudar a sequência de boot, porque : "A device enclosed in parenthesis has been disabled in the corresponding type menu".
    Resumindo, a bios do netbook está configurada para dar o primeiro boot pelo HDD e o segundo pelo dispositivo USB; mas os dois dispositivos (HDD e USB) estão desabilitados no menu do setup da bios ! Estando desabilitados no menu, não se consegue mudá-los.
    Alguém que sabe como resolver este problema, por favor, dê uma luz.

    • Cláudio Novais diz:

      VRRP, crie um tópico no fórum do Ubuntued a expressar esse problema. Tente também incluir todas as informações sobre o sistema, nomeadamente qual o modelo do netbook e características do hardware.

      Abraço

      • VRRP diz:

        Cláudio, eu conseguí resolver o problema. Me ensinaram a FORÇAR O BOOT, a saber:
        1 – Espeta-se o pendrive numa porta USB do netbook.
        2 – Liga-se fisicamente à rede elétrica o netbook (apertanto o botão ON/OFF) e, ato contínuo, numa seqüência rápida vai-se apertanto as teclas de função, de F12 até F1. Isso tudo deve ocorrer durante o post. Chega-se a uma dessas teclas onde aparece no monitor uma janela (centralizada no monitor e menor que ele) com todos os dispositivos bootáveis. Então, escolhe-se o pendrive de instalação do Ubuntu (eu o identifiquei pela marca ScanDisc) e clica-se ENTER. Daí, abre-se uma segunda janela detalhando esse pendrive. Escolhe-se esperimentar, ou instalar o Ubuntu (como se queira) e clica-se ENTER. Começa, então, a instalação.
        Tudo correu normalmente e eu instalei o Ubuntu 12.04 seguindo o passo a passo do Ubuntued. Depois, instalei o repositório Medibuntu e o pacote 3 (completo de multimedias). Agora falta instalar o plugin Java 7.
        3 – Um técnico de informática me disse que para instalar Windows basta colocar o CD de instalação no drive do PC e o Sistema Operacional Windows começa a se instalar imediatamente. Não há necessidade de se mudar o setup da Bios para dar o primeiro boot pelo CD.
        Em sendo realmente dessa forma, seria interessante que os pendrives de instalação do Ubuntu sejam, também, assim.
        Eu lí algo num livro sobre um tal smart disket, que se roda antes de se rodar o CD de instalação para, justamente, forçar o boot do CD (ou pendrive). Então, possivelmente, nos CDs de instalação que não precisam de pré-configuração do setup da bios para se auto-instalarem deve haver, e rodar no início e antes de começar a instalação propriamente dita, a rotina de forçar o boot que há nesses smart diskets. Se for assim, seria só colocar essa rotina no inicio do pendrive de instalação do Ubuntu.

  9. bruno diz:

    o meu ubuntu fica na tela laranja depois que eu coloco asenha e ñ sai disso

  10. André Luiz diz:

    Eu uso o satux e quero trocar para o ubuntu, qual o procedimento que devo fazer? Agradeço a ajuda

    • André Tinoco diz:

      1. insira o CD/PEn no Computador;
      2. clique no botão de instalação;
      3. faça seguinte em todas as perguntas, e nos casos em que são pedidas informações pessoais preencha.
      4. reinicie e desfrute.

  11. Ana diz:

    Fiz tudo direito mas quando minha instalação acabou e o PC reiniciou aparece uma tela preta a pedir o nome e a senha .
    Eu coloco e a tela preta continua e muitos comandos e não passa disso !
    Me ajudem .Pf

  12. Ana diz:

    Quando clico em experimentar Ubuntu aparece uma tela preta com umas letras e não carrega.
    Ou quando não clico em experimentar e vou logo para a instalação (quando estou na parte de escolher a cidade) dá erro.

  13. Lucas diz:

    Olá, estou com um problema no Ubuntu e preciso de ajuda
    Eu baixei a versão 12.04 e instalei a partir de um pen drive, utilizando o o Unnetbootin, até ai tudo certo, a instalação procedeu normalmente, porém na hora de iniciar o sistema o login não aparece pela interface do ubuntu (a tela roxa) mas aparece em tela preta para colocar login e senha, coloco e só a aprece a seguinte mensagem:
    Welcome to Ubuntu 12.04 LTS (GNU/Linux 3.2.0-23-generic x86_64)
    * Domumentation: https://help.ubuntu.com
    The programs included with the Ubuntu system are free software:
    the exact distribuition terms for each program are described in the individual files in /usr/share/doc/*/copyright.

    Ubuntu comes with ABSOLUTED NO WARRANTY, to the extent permitted by applicable law.

    usuario@usuario-pc: ~S

    … e fica nisso, todo comando que tento dar não dá em nada, já procurei em diversos lugares e não obtive resposta… será que alguém pode me ajudar?

    Grato

    • Cláudio Novais diz:

      Lucas, há várias hipóteses que serão precisas analisar. Isso não é normal como deve imaginar e por isso precisamos de saber mais sobre o hardware.

      Convido-o a criar um tópico no Fórum Ubuntued, assim poderemos dar-lhe uma maior atenção e ter uma conversa mais dinâmica, visto que aqui nos comentários é mais limitada a liberdade de incluir imagens e comandos que se possa necessitar. No tópico que criar explique isto que disse e inclua toda a informação possível sobre o seu computador (hardware).

      Abraço

  14. Adilson diz:

    Instalei o Ubuntu 12 usando o VMware e não inicia só fica em modo texto:
    rumao@ubuntu:^$

    Não consigo acessar.

  15. Leonardo diz:

    Instalei o Ubuntu no meu notebook(laptop), deletei as minhas partições antigas com o windows, simplesmente dividi meu HD em 3 (raiz, home e SWAP), porem, me esqueci de formatar a partição home. existe algum problema nisso?

    • Cláudio Novais diz:

      Em princípio não há problema nenhum! Se instalou o Ubuntu na partição Home e tinha lá ficheiros eles vão continuar lá! Em todo o caso, se eliminou partições e criou novas, automaticamente estas novas são formatadas! ;)

  16. wagner de souza diz:

    Na central de programas do Ubuntu e em aplicativos encontrei o GFortran 95 e a opção de instalar, mas não consigo executá-lo.
    A central diz que esses programas são executáveis a partir de um terminal, mas não consigo executá-lo. Agora não sei se é por não conhecer ao certo os comandos para executá-lo ou se está faltando um editor.
    Uso o GFortran na Faculdade, tanto que um dos motivos de ter instalado o Ubuntu foi para trabalhar com ele, mas não estou acertando.
    Gostaria de uma dica.

  17. kaio diz:

    alguem me ajuda. meu touchpad nao funciona e eu ja procurei um bucado e nao consigui fazer ele funcionar. sou um simples usuario nao sei de nada. meu touchpad simplesmente nao funciona me ajudem porfavor

  18. jose campos diz:

    eu queria saber se depois que eu fizer o donwload do ubunto eu tenho que descompactar o arquivo antes de gravar no cd???

    • Cláudio Novais diz:

      Normalmente os programas de gravação de CDs, têm uma opção para gravar o CD através de um ficheiro ISO. Portanto, nem tem de descompactar nem tem de pôr o ficheiro iso no CD. Tem, sim, de utilizar a opção que grava o ISO no CD!

      Sugiro que utilize uma pen para instalar o Ubuntu. O procedimento é simples, mais rápido e poupa um CD! ;)

  19. Paula Helena diz:

    Funfou direitinho, muito obrigada!

  20. Mamede diz:

    Leia ate o fim e vc vera como é facil trabalhar com o Ubuntu

  21. eduardo diz:

    Bom dia, me deparei com essa situação na secção pré-requesitos que pede o processador Pentium4 1Ghz
    mas o meu processador é o AMD anthlon(tm) 64 processor 2800 + 1,81 Ghz, eu poderia instalar mesmo assim ?

  22. Julio diz:

    Eu segui os passos ai quando ele pede para adicionar a foto de usuario o instalador para o que pode ser?

    • Cláudio Novais diz:

      Nessa parte o Ubuntu utiliza a WebCam para você tirar uma fotografia. Provavelmente há alguma incompatibilidade nessa parte. Sugiro que desligue a WebCam ou então aguarde uns bons minutos a ver se ele resolve o problema.

      Se não resolver instale através da versão Alternate do Ubuntu. Que serve exatamente para estes casos de incompatibilidades com certos hardwares! ;)

  23. Bruno diz:

    tenho um problema, no menu de instalação a opção de escolher a partição está tudo bloqueado logo não me permite escolher o tipo de instalação e avançar

    • Cláudio Novais diz:

      Isso acontece pois você tem o disco "montado", ou seja, você andou a navegar no disco pelo explorador de ficheiros. Tem de desmontar o disco, clicando com a tecla da direita do mouse em cima dele (no caso do explorado de ficheiros o disco está no lado esquerdo da janela, portanto é fácil de o desmontar).

      Desmontar no ubuntu é como "remover" uma pen no Windows, antes de efetivamente a tirar do computador. ;)

  24. Bradock diz:

    belo post, MAS as vezes por querermos mostrar um bom portugues acabamos a pecar,
    uso demasiado do,
    NO ENTANTO
    um recurso para ir de contra a uma ideia, MAS q possui sinonimos para que nao temos q cair na repeticao,
    entretanto,
    porem,
    mas
    .
    .
    .
    fica muito cansativo ler algo, onde toda hora tem, no entanto isso, no entanto aquilo,
    NO ENTANTO acaba sendo um conhecimento do desconhecimento, NO ENTANTO o post e d grande valia

    • Larissa Barros diz:

      No entanto o site é sobre informática e não de informática na educação ou de letras.

      • Cláudio Novais diz:

        Olá Bradock,

        Tentarei utilizar outras palavras nos próximos artigos. Como deve imaginar, fazer um artigo deste tamanho, com a "exigência" dos leitores de querer tê-lo logo nos primeiros dias após a publicação do Ubuntu, faz com que não haja uma revisão tão aprofundada como eu gostava de fazer no texto.

        Em todo o caso, creio que o artigo está muito para além do que é normal encontrar-se pela Internet. Não só está super completo como tem um texto razoavelmente apelativo apesar desse pormenor que você tem uma certa razão! ;)

        Abraço e obrigado pelo reparo!

  25. danilson diz:

    Muuuuuiiiiiiiiittoooooo compriiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiidddddddddoooooooooooooooooooo
    Nossa, o tutorial pode ser bom, mas voce sabe como gastar palavras!!!

    • Bruno Souza diz:

      O Tutorial foi feito com objetivo alvo a usuários comuns, e não à técnicos, o tutorial esta muito explicativo e claro, e não esta tão longo como você diz.

    • Cláudio Novais diz:

      Danilson, eu podia ter feito um artigo assim:
      1. insira o CD/PEn no Computador;
      2. clique no botão de instalação;
      3. faça seguinte em todas as perguntas, e nos casos em que são pedidas informações pessoais preencha.
      4. reinicie e desfrute.

      Isto estaria 100% correto e funcionaria DE CERTEZA! No entanto, nem toda a gente o ia fazer porque não iria confiar; segundo provavelmente podia acontecer de formatar todo o disco e ficar sem os dados pessoais; 3º nem toda a gente sabe o que é arrancar por um CD ou PEN, ou onde está o Ubuntu, ou como particionar ou até simplesmente como instalar. Já agora, sem as imagens o artigo ficava bem mais curto. Seria melhor sem elas? Na minha opinião não! ;)

  26. Diego Dheanne diz:

    Me ajudem!
    Eu instalei recentemente o Ubunto no meu notebook e estou gostando muito mas estou com um problema:
    A opção de intensidade de brilho da tela não está funcionando, digo, a barra de intensidade de brilho muda normalmente mas o brilho da tela não muda nada e isso gasta muito a bateria do meu note, e quando eu passo para o Win7, essa funcionalidade está normal, só no Ubunto que não.
    Aguardo a resposta de vocês.
    Abraço a todos ;)

    • Bruno Souza diz:

      Tente utilizar as teclas de função (Fn), se mesmo assim não der, vai no menu geral (botão do windows no teclado) e escreve no campo de pesquisa "brilho" e ajuste o brilho da tela com o mouse.

    • Cláudio Novais diz:

      Certos computadores infelizmente utilizam hardware não padronizado e a consequência imediata é incompatibilidades. Infelizmente isto acontece com muitas empresas que querem fazer à sua medida não se preocupando em apresentar algo padronizado que facilite a vida aos programadores de software e até às marcas de outros hardwares que irão fazer uso.

      Em todo o caso, muitas vezes há soluções específicas para cada problema (relacionados com o brilho e teclas FN). O seu computador é um Samsung? Sugiro que crie um tópico no fórum do Ubuntued apresentando toda a informação possível sobre o modelo do notebook e suas características, bem como os problemas associados!

      Abraço

  27. Cassio diz:

    Estou com o mesmo problema que alguns já relataram, não consigo iniciar o sistema sem o pen drive. Alguém conseguiu resolver o problema? Poderiam me ajudar? Desde já agradeço.

  28. Gerardo diz:

    Olá galera, vejo que alguns tem problemas e não sou só eu. Tal vez alguém possa me ajudar. Eu tinha instalado o Windows 7 e instalei o Ubuntu a partir do meu pendrive, todo parece que deu certo. Mas como alguém já comentou nessa lista, não consigo reiniciar o computador desde o HD, só reinicia se insiro o pendrive. É como se não reconhecesse o sistema operativo instalado. Aí já tou preocupado porque não sei o que fiz errado!!! Obrigado por ajudar!!!

    • Cláudio Novais diz:

      Dei esta resposta a alguns utilizadores com esse problema, e por isso passo para você também (conforme o seu nível de conhecimento faça uma coisa ou outra):

      Não tenho conhecimento deste problema, no entanto, depois de dar uma vista de olhos no Google, reparei logo no primeiro resultado que realmente isto acontece para algumas pessoas. A resolução está aqui neste link abaixo: http://askubuntu.com/questions/125494/cant-boot-w

      No entanto, caso tenha dúvidas (uma vez que está em inglês), sugiro que crie um tópico no fórum do Ubuntued explicando tudo isso, que certamente eu ou alguém irá ajudar!

      Abraço

    • Gabriel diz:

      Olha Não Sei Se Vai Funcionar,Ou Se Funciona… Mas Estava Escrito Assim Em Um Vídeo:
      "voce tem que clicar f12 e escolher o HD com o linux instalado apartir de então ele aparecerá a opção de dual boot"

  29. Juliano diz:

    Bom dia!
    Instalei Ubunru 12.4 no meu Notebook Dell XPS 15 e nele tinha instalado Windows 7, depois da instalação não ficou a opção de escolher qual sistema operacional iniciar. Teria como configurar a opção de dual boot sem precisar formatar?
    Abraços.

  30. João Roberto diz:

    Estou tendo problema com o Ubuntu 12.04 LTS, aparece a mensagem que a instalação ou remoção do pacote de software falhou, com a mensagem aparece o botão reparar, acesso o botão mas continua dando a mesma mensagem, a seguir em detalhes a mensagem de erros;
    installArchives() failed: (Reading database …
    (Reading database … 5%
    (Reading database … 10%
    (Reading database … 15%
    (Reading database … 20%
    (Reading database … 25%
    (Reading database … 30%
    (Reading database … 35%
    (Reading database … 40%
    (Reading database … 45%
    (Reading database … 50%
    (Reading database … 55%
    (Reading database … 60%
    (Reading database … 65%
    (Reading database … 70%
    (Reading database … 75%
    (Reading database … 80%
    (Reading database … 85%
    (Reading database … 90%
    (Reading database … 95%
    (Reading database … 100%
    (Reading database … 249530 files and directories currently installed.)
    Preparing to replace firefox 13.0+build1-0ubuntu0.12.04.1 (using …/firefox_13.0.1+build1-0ubuntu0.12.04.1_i386.deb) …
    /var/lib/dpkg/tmp.ci/preinst: 1: /var/lib/dpkg/tmp.ci/preinst: awk: Permission denied
    close failed in file object destructor:
    sys.excepthook is missing
    lost sys.stderr
    /var/lib/dpkg/tmp.ci/preinst: 1: /var/lib/dpkg/tmp.ci/preinst: awk: Permission denied
    close failed in file object destructor:
    sys.excepthook is missing
    lost sys.stderr
    dpkg: error processing /var/cache/apt/archives/firefox_13.0.1+build1-0ubuntu0.12.04.1_i386.deb (–unpack):
    subprocess new pre-installation script returned error exit status 127
    Please restart all running instances of firefox, or you will experience problems.
    Errors were encountered while processing:
    /var/cache/apt/archives/firefox_13.0.1+build1-0ubuntu0.12.04.1_i386.deb
    Error in function:
    dpkg: dependency problems prevent configuration of firefox-globalmenu:
    firefox-globalmenu depends on firefox (= 13.0.1+build1-0ubuntu0.12.04.1); however:
    Version of firefox on system is 13.0+build1-0ubuntu0.12.04.1.
    dpkg: error processing firefox-globalmenu (–configure):
    dependency problems – leaving unconfigured
    Setting up samba-common (2:3.6.3-2ubuntu2.3) …
    /usr/bin/ucf: linha 520: awk: comando no encontrado
    dpkg: error processing samba-common (–configure):
    subprocess installed post-installation script returned error exit status 127
    dpkg: dependency problems prevent configuration of smbclient:
    smbclient depends on samba-common (= 2:3.6.3-2ubuntu2.3); however:
    Package samba-common is not configured yet.
    dpkg: error processing smbclient (–configure):
    dependency problems – leaving unconfigured
    dpkg: dependency problems prevent configuration of samba-common-bin:
    samba-common-bin depends on samba-common (>= 2:3.4.0~pre1-2); however:
    Package samba-common is not configured yet.
    dpkg: error processing samba-common-bin (–configure):
    dependency problems – leaving unconfigured

  31. ronald5 diz:

    bem, não consiguo instalar… na verdade quando clico para instalar ou experimentar o Ubuntu, não carregar… pior que nem sei o que é… alguem sabe?

    • Cláudio Novais diz:

      Ronald5, sugiro que utilize o Ubuntu Alternate. Provavelmente é alguma incompatibilidade com o seu Hardware.

      Caso tenha dúvidas (que acredito que tenha), sugiro que crie um tópico no fórum do Ubuntued, pedindo ajuda e esclarecendo qual é o seu computador e que problema acontece (se há alguma mensagem de erro)

  32. Edilberto-MG diz:

    O tutorial é muito explicativo. Mas no meu caso não deu certo. Deixei uma partição de 32000 MB para o WinXP SP3 e o restante não particionado para o Ubuntu. Ao instalar o Ubuntu 12.04 LTS o particionamento não reconhecia os driver Home, Swap e Raiz. Tive que fazer a instalação com formatação geral do HD. Bom… não perdi nada, pois valeu a dica do Backup. Aliás só perdi tempo.
    Vou ter que instalar tudo novamente. Windows e Ubuntu, até acostumar de vez com o Ubuntu e me livrar do Windows.

  33. kleber diz:

    como desinsta-lo o ubuntu 12.04

  34. wesley diz:

    Instalei o Ubunt no meu pc com o instalador automatico, agora como faço p iniciar o ubunt ao invez do windows?

  35. Paulo Roberto Poeta diz:

    Instalei o Ubuntu LTS 12.04 em um Notebook Compaq de 2002 (antigo) mod evo n1000v e não consigo acessar o DRIVE DE DISQUETE e nem o CD-ROM, ambos originais do equipamento. Confesso que não sei mexer com a programação do Terminal para resolver este galho. Alguém pode ajudar ?

    • Cláudio Novais diz:

      O melhor é fazer esta questão no fórum do Ubuntued! Este tipo de problemas normalmente não são de solução simples. Tente ser o mais detalhado possível lá no fórum! ;)

      • Paulo Roberto Poeta diz:

        Recebi a seguinte mensagem de erro ao fazer uma atualização: "Por favor, use o apt-cdrom para fazer com que este CD-ROM seja reconhecido pelo APT. O apt-get update não pode ser usado para adicionar novos CD-ROMs". Como resolver ?

  36. Leandro Simões diz:

    Excelente tutorial!
    Segui todos os passos e consegui instalar o Ubuntu 12 x64 perfeitamente, mesmo o Ubuntu possuindo uma instalação fácil, rápida e descomplicada é sempre bom acompanhar um caminho das pedras para não se perder. A dica de como fazer um "Live CD" pelo Pen Drive foi ótima.

    O que mais me surpreendeu nessa versão do Ubuntu foi a total integração com o hardware, depois de instalado todos os meus componentes de hardware estavam funcionando perfeitamente, inclusive o touch pad com multitouch, algo que nunca aconteceu com o Windows.

    A interface Unity é muito boa, principalmente o "Dash" mas o Gnome 3 foi algo que me cativou para o mundo Open Source, o interface mantem o foco principal na tarefa que vc está executando, sendo altamente produtiva. Uso o notebook principalmente para estudar desenvolvimento C, Java e Android, e quando estou em casa uso um monitor extra de 22" polegadas, mas com o Gnome 3 raramente uso esse recurso graças ao Gnome.

    Enfim, ótimo tutorial.
    Att.

  37. Olá Cláudio,

    Os meus parabéns por este excelente tutorial ;) , pois eu estava para desistir do Ubuntu nesta minha 2ª tentaiva para entrar no mundo Linux .

    Possuo um Acer ASpire 5738ZG com a placa Nvidia GeForce G105M, 4GB DDR3 e processador T4300.

    Tenho o Windows x86 na partição C: com 164GB, o windows x64 na partição D: com 68.3GB, ficando a partição E: com 223 GB para armezanar dados.

    Nesta 2ª tentativa de entrar no mundo Linux, que começou com a instalação do ubuntu em paralelo com o windows x86 na partição C:, usando a versão Windows nstaller de http://www.ubuntu.com/download/desktop , mas deu logo erro na 1ª tentativa de instalação e não chegou a instalar.

    Utilizei o uninstaller e desinstalei o ubuntu e voltei a repetir a instalação, com sucesso.

    Na inicialização do Ubuntu sempre apareu NTFS : Erro Prefix …. mais qualquer coisa que não conseguia ler porque a imagem nem chegava a aparecer por 1 segundo.

    Tive problemas para configurar a minha placa Nvidia e para colocar alguns programas a funcionar, pois quase tudo dava erro de funcionamento e o ubuntu crashava muito e nem sequer conseguia criar e enviar os relatórios de erro, até que hoje o Ubuntu deixou de arrancar., não chegando sequer á página do login.

    Será que estes problemas estão relacionados com os driver da nvidia para Ubuntu?

    Será que tem a ver com a partição criada pelo Ubuntu no Windows?

    Ou serão ambos os problemas?

    Como descobri este tutorial vou tentar uma última vez colocar um sistema operativo Linux ;)

    Estou a pensar manter a partição D: com o windows x64 e formatar a minha partição C: do windows x86 e a partição E: onde guardo os dados para utilizar depois o espaço livre para criar as partições conforme descritas neste tutorial.

    Será que existe algum inconveniente em ficar com o windows na partição D: e particionar o restante espaço para o Ubuntu ?

    Muito obrigado por toda a ajuda que puderem dispensar :)

  38. Policarpo diz:

    Eu instalei a pasta home na sds 5 e pedi pra formatar a swap: ficou 4 vezes mais rápido depois que instalei o drive de aceleração 3D da nvidia>

  39. walter diz:

    olá, estou com um serio problema. euu tinha o win 7, tentei coloca-lo em dual boot com o ubuntu e não consegui. ele arrancava e nunca aparecia a opção pra escolher entre os SO. Resolvi instalar apenas o ubuntu 12.04, assim o fiz; mas agora ele não arranca sem o pen drive, o que devo fazer? agradeço a ajuda desde já!

  40. Mendes diz:

    Desculpa, mas o Ubuntu não faz as partições sozinho quando você reinicia o micro para a instalação ?

  41. Lucas diz:

    Alguém sabe me explicar qual a diferença da partição no inicio ou fim do disco ?

    Abraço!!!

    • Antonio Souza diz:

      Espero que alguém explique melhor, pois posso estar fora do que você realmente quer.

      Evidentemente você sabe o que é partição. Um disco pode ter uma única partição com uma mbr e o setor de boot onde estão todas informações necessárias. Você pode criar mais de um partição, sendo 4 primarias ou pode criar um 3 primarias e uma estendia e nessas partição estendida várias partições lógicas.
      Quando eu não crio um partição no fim do disco, todas vão estar em sequência desde do início do disco.
      Eu particularmente só fiz isso (criar uma partição fora dos padrões) quando tive um problema no disco. Era um erro que não deixava eu usar os primeiros 10GB do disco. Então criei uma partição depois dos 10GB do disco e orientei o setor de boot a ir direto para essa partição que não foi criada no inicio e sim bem depois.
      Mas, não sei se é o que você quer entender…

  42. Jarino Junio Martins diz:

    Olá tenho instalado em meu notebook a versão 11.10.
    Quero actualizar para a nova versão 12.04, só que tenho o windows 7 instalado em dual boot e como sistema preferencial( alterei a ordem do boot).
    O que é mais recomendável?
    Atualizar ou formatar a partição linux e instalar o novo?
    E o windows como fica?

  43. Edson diz:

    Eu já utilizava o 11.10 e sempre recorro aos artigos do Ubuntued quando vou instalar uma nova versão. Gostei das inovações da 12.04, porém estou encontrando dificuldades com a conexão wireless que cai a toda hora. Procurei pela internet e vi que pode ser algo no Kernel, e que mais utilizadores estão enfrentando o mesmo problema. Meu dispositivo é esse: 06:00.0 Network controller: Realtek Semiconductor Co., Ltd. RTL8191SEvA Wireless LAN Controller (rev 10)

    • Edson diz:

      Depois de alguns dias de uso, várias atualizações já foram lançadas e instaladas pelo gerenciador, e acho que graças a elas já não estou mais enfrentando problemas com a conexão. Bem diferente que as primeiras versões do Linux, onde eu passava horas em fóruns pesquisando por soluções, desta vez tudo foi resolvido sem que eu sequer precisasse editar arquivos ou compilar algum driver. Esse é o Ubuntu, a cada versão melhor.

  44. Di' stante diz:

    Dias atrás instalei o 12.04 no meu notebook, um Dell antigo e guerreiro, visto que no PC, cuja configuração consiste basicamente num I7 3.4 GHz, 8 GB DDR3 RAM, NVIDIA GTX 550 1 GB DDR5 não consegui nem iniciar a instalação – tentei por pendrive e DVD, nada feito. A versão alternate concluiu a instalação mas o Ubuntu simplesmente não aparecia na inicialização, tampouco constava o espaço usado por ele verificando o gerenciador de partições do Windows. Tentei instalar o KDE mas os problemas persistiram; creio que seja algo relacionado a placa de vídeo, visto que o notebook usa uma INTEL onboard e nunca tive dificuldades para instalar o Ubuntu e outras distros nele.

    Sobre o artigo: Impecável – didatismo impressionante.

    • Cláudio Novais diz:

      Di stante, não será que é alguma proteção nova do Windows?

      Sobre as placas de vídeo Intel, bom, não me parece que esteja relacionado com ela! É que desde há 5 anos que utilizo placas Intel e só tenho a dizer bem delas! Elas sempre tiveram drivers prontos a funcionar logo após a instalação do Ubuntu! Nunca tive nenhum problema e se reparar pela Internet, são das mais amadas! :D

      Abraço e obrigado pelos elogios!

      • Di' stante diz:

        Pois é, Cláudio, receio que sim, inclusive removerei a NVIDIA para testar. A Intel do notebook nunca me deu dores de cabeça, logo a onboard do PC (ASUS com chipset Intel) não deve apresentar problemas. Se eu conseguir instalar saberei que é algum problema com os drivers da NVIDIA, caso contrário suspeitarei mais ainda de alguma proteção recente do Windows.

  45. eder diz:

    mim ajude estou com esse erro ao criar um atalho do libre office, quando tento acessar o atalho aparece o seguinte erro: O link "libreoffice-startcenter.desktop" está quebrado. Movê-lo para a lixeira?
    Não é possível usar este link, porque o destino "../../lib/libreoffice/share/xdg/startcenter.desktop" não existe.
    alguem sabe dizer o porque disso?

    • Clayton VIVA diz:

      Eder, como vc criou este atalho?
      Caso queira criar um novo atalho, o processo é bem simples e tem mais de uma modo:

      1 – digite na dash (tela que aparece ao clicar no botão com o símbolo de ubuntu ou ao pressionar a tecla WIN do teclado) o nome do programa desejado – no seu caso digite: broffice . Depois arraste-o para onde quiser (pode ser tanto para a barra lateral quanto para a área de trabalho).

      2 – caso vc não saiba exatamente o nome mas lembra do ícone por exemplo, não tem problema, todos os lançadores dos programas ficam em /usr/share/applications , vá até lá pelo nautilus (2º botão do unity – com o nome "pasta pessoal") clique em "sistema de arquivos" e depois abra as pastas usr, share e applications respectivamente, agora vc procura o programa desejado e depois OU clica com o direito no lançador desejado e seleciona "copiar para"->"área de trabalho" OU arrasta o ícone desejado para a barra lateral, depende de onde vc deseja o atalho.

      Escrevi em pt-br, não sei se todas as palavras são as mesmas em pt-pt.

      Caso tenho resolvido ou não, poste aí.

      VIVA

      • eder diz:

        não funcionou, não sei se é pelo fato de ter instaldao o ubuntu em um rede que é bloqueada, e algums pacotes ficaram sem instalar.
        alguém mas teve esse problema?

  46. eder diz:

    alguem pod mim ajudar,instalei oubuntu 12.04 deu tudo certo
    sóo libre office que cria atalhos na area de trabalho que não funcionam,
    aconteceu com mais alguém ou é só comigo

  47. Acho o ubuntu muito bom!
    Seria perfeito se eu conseguisse rodar o jogo world of warcraft nele, é uma pena que só exista versão do windows para este jogo e o wine não consegue rodar.
    Se não fosse este detalhe, o ubuntu seria meu unico SO instalado na máquina.

  48. FernandoRJ diz:

    O tutorial é muito bom. Gostaria de compartilhar algo que poderá ajudar muitas pessoas, principalmente os iniciantes do Ubuntu. Trata-se do livro Ubuntu, Guia do Iniciante 2.0, que pode ser baixado livremente no site http://www.orgulhogeek.net. Um trabalho muito muito bom que enriquece muito de conhecimento os que agora estão chegando. Divulguem essa.

    Abraços.

  49. Jorge Lucio Spinola diz:

    Já instalei 12.04, muito bom!
    Tudo perfeito porém não aciona a musica ao inciar o SO.
    Alguém pode me informar o porque?
    Saudações Ubunteiras!

    • Fernando diz:

      Removeram o som de inicio de sessão pois perceberam que isso aumentava o tempo de inicialização :D

      Provavelmente esse "recurso" voltara na próxima versão com um novo tema sonoro!

    • Clayton VIVA diz:

      Jorge, creio que a opção está disponível para ser habilitada pelo usuário. Caso queira, clique no botão no canto superior direito do unity (é onde fica o desligar) e selecione "aplicativos de seção" (neste local é onde são definidos quais aplicativos são executados ao se logar), procure uma opção chamada "gnome login sound" e habilite-a deixando a checkbox correspondente marcada.
      Deve funcionar no próximo login.

      Divirta-se

Deixe um comentario


Pesquisar


Publicidade

  • Forum Do Ubuntued
  • Ubuntu Dicas
  • Ubuntu-BR-SC
  • Tomates Podres
  • Servidores com Ubuntu desde 5$ do mês
  • Anuncie no Ubuntued!