Particione o disco para instalar o UbuntuM

O particionamento do disco para instalar o Ubuntu é, sem dúvida, a parte que mais confunde os utilizadores ao ponto de lhes dar um certo medo de fazer algo errado. De facto o particionamento é a parte da instalação do Ubuntu que realmente pode fazer com que você perca os seus dados, pois de resto, depois das partições estarem feitas, nada pode correr mal a não ser que você formate todo o seu disco.

Exatamente por ser um procedimento que pode ser arriscado no caso de você não estar atento, este artigo tem o objetivo de explicar minuciosamente como você deve dividir o disco seu computador de forma a ter uma estrutura perfeita para ter o Ubuntu instalado com o Windows em Dual-Boot, ou seja, com o Ubuntu e o Windows instalados ao mesmo tempo no mesmo computador.

Este artigo está fracionado em várias partes de forma a facilitar a sua leitura: primeiro são apresentadas algumas noções básicas; de seguida é explicado todo o procedimento baseado em exemplos e recomendações; e a última secção é um vídeo a explicar e demonstrar todo esse processo.

Noções básicas

Se só tem o Windows instalado, terá de reduzir a partição do Windows para criar algumas outras partições necessárias para o perfeito funcionamento do Ubuntu. Essa redução terá de ser inferior ao espaço livre existente no seu disco, se não perderá dados! Também deverá ter noção que deverá desfragmentar o disco que irá reduzir para não perder os dados.

Na verdade, o Windows tem um funcionamento muito dispendioso ao nível de ocupação de espaço do disco e então grava ficheiros espalhados pelo disco. Ora, visto que o particionamento não é mais que dividir o disco em setores bem definidos, então é necessário agrupar todos os ficheiros do Windows num só local para que ao particionar não se perca dados. Assim, antes de mais, e enquanto lê este artigo, ponha o seu disco a desfragmentar. Se tiver tempo até recomendamos que desfragmente várias vezes o disco!

Quanto às partições necessárias para instalar o Ubuntu, o conselho da equipa do Ubuntued é utilizar 3 partições para o Ubuntu (tal como pode ver na imagem acima, em que tem 3 partições brancas), no entanto, caso não seja possível (visto que os discos têm um limite de 4 partições primárias), poderá prescindir de uma delas, a chamada Swap. Esta nossa recomendação deverá ser seguida de forma a ter um Ubuntu com uma organização excelente que permitirá, num futuro, atualizar para novas versões do Ubuntu sem perder dados, nem sequer ter de fazer cópias de segurança! Isso será possível pois irá ter uma partição dedicada aos seus dados e às configurações do Ubuntu. Assim, quando quiser instalar outro Ubuntu, ele irá automaticamente buscar essas configurações a essa partição.

Já agora, esse procedimento está explicado neste artigo:

Particionamento de um disco com o Windows e Ubuntu

Que partições e para quê?

As 3 partições os vários tipos de dados separados de forma a aumentar a segurança e permitir mais flexibilidade ao seu sistema. De seguida enumera-se os objetivos de cada uma:

  • Raiz: A partição raiz terá todo o sistema Ubuntu exceto os seus dados pessoais e configurações pessoais das aplicações. Por ter todos os programas e ficheiros do sistema, esta partição é a mais importante a e única que não pode prescindir.
  • SWAP: a partição SWAP não é mais que um local de auxílio à memória RAM do seu computador. Assim, quanto mais espaço tiver nesta partição mais possibilidades terá de poder ajudar a RAM quando tiver muitos programas abertos.
  • Home: A partição /home é a partição onde são guardados todos os dados pessoais, configurações pessoais das aplicações e até históricos das aplicações de cada conta criada no Ubuntu. Por estarem todos os dados separados nesta partição, será mais fácil no futuro você poder reinstalar o Ubuntu, pois só fará isso na raiz, mantendo a sua /home intacta!

 

Tamanhos das partições do Ubuntu

Para além da partição do próprio Ubuntu e da partição dos seus dados pessoais, é aconselhável que faça também uma partição “Swap“, que servirá como ajuda da memória RAM aquando de possíveis excessos de memória usada (é também importante para o Ubuntu hibernar!). Na teoria, esta partição deverá ter o dobro do tamanho da RAM que o seu computador tem, no entanto, a equipa do Ubuntued não acha necessário criar uma partição superior a 2GB para memória auxiliar. Mas, caso você pense em hibernar o seu computador, visto que esse processo passa toda a memória RAM para a Swap, então convém que essa partição tem mais espaço que o tamanho da memória RAM. Como no exemplo deste artigo se tem apenas 1GB de memória RAM, neste artigo a partição da SWAP irá ter 2GB de espaço. Esta partição, nos computadores novos que têm mais de 1GB de memória, poderá ser abdicada em prol de mais espaço para os seus dados, no entanto não é recomendado.

Quanto à partição do Ubuntu, normalmente denominada, partição da “Raiz” (que também é comum denominá-la por uma barra apenas “/”), esta deverá ter o tamanho suficiente para poder instalar o Ubuntu e os programas que você quiser. No mínimo, na nossa opinião, deverá ter 5GB. No entanto, a recomendação é entre os 10GB e os 15GB, pois assim terá espaço para instalar muitos programas. Por exemplo a equipa do Ubuntued nunca teve problemas de espaço, mesmo instalando muitos programas para poder fazer os artigos.

Quanto à partição dos seus dados, denominada “/home”, esta deverá ter o espaço necessário para os seus dados (músicas, documentos, filmes, etc.).

Normalmente, de uma forma generalista, o que se faz é o seguinte: reduz-se o máximo de espaço possível da partição do Windows, cria-se a partição da Raiz de 10 a 15GB, depois cria-se a partição SWAP conforme a memória e o restante fica para a “/home”.

 

Particionamento do disco

Reduza a partição do Windows!

Para começar, como ainda não tem nenhuma partição e precisa de alocar espaço do disco para criar as novas partições, vai reduzir a partição do Windows. Novamente, tenha em atenção que pode perder dados nesta parte do procedimento, por isso, desfragmente o disco e faça cópias de segurança dos seus dados.

Como pode ver pelo artigo do link abaixo, alguns utilizadores queixam-se que o Windows Vista e Seven “não gostam” que o Ubuntu reduza a sua partição. Ora, exatamente por causa desse facto, para evitar que possa acontecer isso, é aconselhável que a redução do disco seja feita no Windows. Esse procedimento está explicado no artigo seguinte:

No entanto, muitos outros utilizadores dizem que na verdade o Windows “não se importa” com essa redução por isso no resto desta secção do artigo explicamos como fazer a redução através do gParted. Caso você faça a redução no Windows, veja os valores e reduções recomendados no resto desta secção e aplique no programa do Windows explicado no artigo do link acima.

Assim, para fazer o particionamento, será utilizado o programa Gparted que já está instalado no Ubuntu LiveCD. Que isto dizer, portanto, que você tem de arrancar com o CD ou penUSB do Ubuntu no seu computador para proceder ao particionamento. Desta forma, quando inserir o CD ou penUSB, e quando aparecer logo de início um teclado clique em qualquer tecla e será apresentada uma lista de idiomas. Selecione o que preferir e depois clique em “Experimentar o Ubuntu sem Instalar”, tal como na imagem abaixo à esquerda. Depois, quando o Ubuntu arrancar, no Dash do Unity escreva o nome do Gparted e abra-o (tal como na imagem abaixo à direita).

1 - Experimentar UbuntuM2 - Abrir GpartedM

Quando o GParted abrir, verá que aparecerá o seu disco (ou discos) e as várias partições associadas. Todas as mudanças que fizer só serão aplicadas quando clicar no botão “Aplicar”, até lá poderá fazer e refazer partições à vontade. Para selecionar um disco (no caso de ter mais do que um) clique no botão do canto superior direito da janela.

3 - Clique direito e redimensionarM

Assim, selecione o disco a particionar (se tiver mais que um poderá distingui-los pelo tamanho) e clique na tecla da direita do mouse em cima do disco (tal como na imagem acima) e selecione “Redimensionar/Mover (ou “resize/move the selected partition”). E depois deverá reduzir a partição o suficiente para criar as outras partições.

4 - Redimensionar particao do windows e ter em conta zona amarela de dadosM

No caso do exemplo do artigo, iremos fazer uma partição de 15GB para a raiz, uma de 2GB para a SWAP e outra de 133GB para a “/home” (a tal partição onde terá todos os seus dados, músicas, filmes, configurações de programas, etc), totalizando 150GB para o Ubuntu e 57GB para o Windows. Assim, a redução que iremos fazer será de cerca de 150GB, porque sabemos que temos menos de 20GB de informação no disco e, por isso, não se corre grandes riscos de perda de dados (pelo gráfico do disco, pode ver o espaço ocupado a amarelo). Para definir o espaço livre que quer no final basta escrever o valor (em MegaBytes) na caixa de texto intitulada “Espaço Livre após (MiB)“ (ver imagem acima).

 

Crie as partições necessárias para o Ubuntu!

Agora que tem espaço para criar partições, selecione a secção intitulada “Sem alocação” (ou “unallocated”) e clique com a tecla da direita do mouse e escolha a opção “Novo“.

5 - Criar nova particao com tecla da direita do mouseM

Para começar, iremos criar a partição para o Ubuntu. Assim, na nova janela, deverá escolher o tamanho que quer para o Ubuntu, ou seja, para a partição da Raiz do Ubuntu. Para além de definir o tamanho dela na caixa de texto “Novo Tamanho (MiB)“, deverá também definir o “Sistema de Ficheiros” como Ext4! Depois de definir esses dois valores, clique no botão “Adicionar“. Recomendamos também que dê um nome a esta partição, apenas para no final ter noção de que fez tudo corretamente. No caso do exemplo, demos o nome de “Raiz”:

6 - Criar Particao da raizM

De seguida, volte a selecionar a secção cinzenta denominada “Sem alocação” (ou “unallocated”) e clique novamente na tecla da direita do mouse e escolha a opção “Novo“. Neste caso vai criar a partição SWAP, que não é estritamente necessário ter, mas que é recomendável! Sendo assim, tal como referidoanteriormente, é recomendável que esta partição tenha o dobro da RAM, no entanto, 2GB deve ser o necessário para este caso. Assim, criamos uma partição de 2GB, tal como pode ver na imagem a seguir, onde escrevemos então o valor 2000 na caixa de texto “Novo Tamanho(MiB)“. Depois de definir o tamanho, tem de definir o “Sistema de Ficheiros” para o tipo Linux-Swap. De salientar que voltamos a etiquetar a partição, agora com o nome “Swap” .

7 - Criar partica SWAPM

Por fim, volte a selecionar a secção com o nome “Sem alocação” e clique novamente na tecla da direita do mouse e escolha a opção “Novo“. Como já estão todas as partições feitas exceto esta, não precisa de definir o seu tamanho pois o Gparted define automaticamente o máximo possível. Apenas precisa de definir o “Sistema de Ficheiros” para o tipo ext4! Recomendamos que dê também um nome a esta partição, por exemplo “Home”:

8 - Criar partição HomeM

No final, depois de ter a certeza que todas as partições foram corretamente definidas, deverá clicar no botão “Aplicar todas as Operações” (o botão com a imagem de um visto) de modo a proceder ao particionamento.

9 - Aplicar as varias operaçõesM

Ao clicar nesse botão, ser-lhe-á perguntado se tem a certeza que quer realmente criar essas partições.

10 - Aceite aplicar as operaçõesM

Depois de clicar no botão “Aplicar“, o processo de particionamento terá início e deverá esperar até ao fim, sem fazer qualquer interrupção de modo a não haver erros no processo que pode demorar um tempo considerável. Quando concluído, feche o GParted para poder prosseguir com a instalação do Ubuntu.

11 - Processo de alteração das partições poderá demorarM12 - Clique em fecharM

 

Vídeo Demonstrativo

Todo este procedimento está explicado no vídeo a seguir. É altamente recomendável que leia o artigo e veja com atenção o vídeo antes de proceder à execução deste processo. Assim, terá uma opinião fundamentada. Só depois disso é que deverá realmente criar as partições e sempre com o auxílio deste artigo!

 

26 Respostas ate agora.

  1. Existe alguma configuração de particiomento,como deixar a /HOME ou as outras partições,no começo,no meio ou no fim do do disco para obter um desempenho maior? No meu caso eu só uso LINUX com partiçoes formatadas em reiserFS.

  2. Thiago diz:

    Tem como instalar o windows com o ubuntu já instalado? Estou precisando usar algumas ferramentas da adobe!

  3. Rafael diz:

    Eu criei a partição Home, como sugerido no tutorial, mas agora não consigo salvar nada, diz que não tenho permição. Como resolvo?

  4. Victor diz:

    Olá a todos

    Eu queria tirar uma duvida, segundo apurei a swap só é precisa no caso de queremos ter a hibernação habilitada ou em sistemas com menos de 2G de ram, no meu caso que tenho 8G de ram e visto que não uso a hibernação eu deixei o meu Ubuntu sem a partição swap.

    O que eu pergunto é que neste caso a partição de swap continua a ser necessária ou não ?

    Os meus cumprimentos, e parabéns pelo excelente trabalho deste site na divulgação do Linux Ubuntu :)

    • Cláudio Novais diz:

      Se você não quer hibernação, sinceramente, esqueça a SWAP! Completamente!

      No seu caso específico eu só apostaria numa swap caso você usasse programas muito pesados ao nível de memória, nomeadamente várias máquinas virtuais. Esses casos são raros, se não é o seu caso e tem a certeza que nem sequer vai chegar aos 7GB de memória RAM ocupada, não faz qualquer sentido gastar espaço para SWAP! ;)

      • Victor diz:

        Olá Cláudio, antes de mais muito obrigado pelo rápido retorno ;)

        Sim não uso máquinas virtuais, a coisa mais pesada que faço é jogar GuildWars2 (publicidade á parte). Além disso tenho um disco SSD de 128G o que torna o espaço disponível um pouco curto. Fiquei esclarecido de vez, e vou continuar sem swap.

        Os meus cordiais cumprimentos :)

  5. carlos queiroga diz:

    alguem pode me dizer quanto tempo leva para se instalar esse sistema ,estou tentando a 2 dias num notebook da acer com 2gb de ram, 500 de hd ,pentium etd que precisa no requisito da instalação inicial pois fica td verde ,mas acontece que esta levando quase 15 horas para essa instalação e o pior que já cheguei até o final com nome ,senha e td o mais ,e ai bummm diz que a partição swap ñ foi criada e ñ finaliza , oque pode ser se estou deixando as partições como descrito nos forum , detalhe ñ tenho nenhum sistema windows ,quer por o ubuntu sozinho .
    respondam por favor ,grato.

    • Cláudio Novais diz:

      A instalação demora 10 minutos Carlos. Crie um tópico no Forum do Ubuntued para tentarmos resolver o problema.

      • carlos diz:

        minha maquina deve estar com algum problema então porque se leva 10 minutos ,eu estou até agora enada e já se passaram só hj 15 horas ,estou na parte final aonde diz bem vindo se eu tenho alguma pergunta ,até estou online por este trecho ,só que me apareceu uma mensagem dizendo que a partição 3home ñ foi completada e ai o que eu faço espero pois a bolinha de carregar ainda esta na tela ,ou desisto por causa da demora ,estou esperando pra ver se vai voltar na opção de partição . grato

  6. Leonardo diz:

    Como posso criar as repartições disponíveis no Ubuntu 12.10 em um HD com Windows?
    No HD de um notebook com Windows 7 Start foi instalado o Ubuntu 12.10 diretamente pelo instalador (sem cd) baixado do site ubuntu.com, e nessa instalação foi escolhido 30 GB de espaço no HD para o Ubuntu. Como posso criar essas repartições sem ter que instalar novamente (pois perderia todas as modificações aplicadas ao Ubuntu)?

  7. rafael diz:

    To tendo bastante dificuldade para instalar o ubuntu; primeiramente no meu não aparece a opção de testar sem instalar; segundo, depois que eu instalo ele fica numa tela preta estranha de login e password, e tudo que eu digito dá login incorret e não sai dali. Alguém pode me ajudar?

  8. Diego Santos diz:

    Olá, o meu hd esta particionado em três partições, a do sistema, a do windows e o "resto", mas guando vo criar mais para o ubuntu, a raiz e a swap, ele não aceita, o que faço? Obrigado!

  9. Tomé Azevedo diz:

    Eu tenho 3 partições do Windows, incluindo aquela de 100 MB do "Sistema Reservado". Como tal, só consigo criar mais uma partição primária. Como resolvo o problema?

  10. João Afonso Eduardo Hoepfner diz:

    Quero instalar somente o Ubuntu, qual é o procedimento.
    Agradeço desde já

    João Afonso

  11. Leonardo diz:

    Pessoal,
    já possuo o Windows 7 instalado, mas dividi de forma que ficasse como no tuto, mas quando clico em "Instalar Agora" apareceuma mensagem que diz o seginte:

    ——————–
    A partição /dev/sda2 atribuida a / começa num offset de 3584 bytes a partir do alinhamento mínimo para este disco, o que pode levar a um desempenho muito fraco

    Já que está a formatar esta partição, deve corrigir agora este problema realinhando a partição, já que posteriormente será difícil de alterar. Para fazer isto, volte atrás ao mennu de particionamento, apague a partição, e crie-a novamente na mesma posição e com as mesmas definições. Isto fará com que a partição comece no ponto mais adequado para este disco.
    ——————-

    Eu faço tudo que diz aí, mas continua dando a mesma mensagem.
    Alguém pode me ajudar? Eu já até formatei o HD inteiro mas continuou aparecendo a mensagem!

  12. Alexandre diz:

    é possivel instalar o Ubuntu em modo Raid 0?

  13. walter diz:

    eu tenho um HP, ele possui duas partições uma unidade C:/ com 297 gb e outra unidade D: (HP TOOLS) com 95,2 mb, como faço para apagá-la e instalar o ubuntu? existe algum problema, no hd ou risco para meus dados, instalar em dual boot? obrigado desde já, abraço

  14. Lourival diz:

    Me ajudou muito, galera! valeu ,vocês estão de parabéns sempre.

  15. Roberto diz:

    Bom dia

    Qual deve ser a partição /Home no quesito lógica ou primaria? Não foi comentado no mesmo.
    Agradeço a resposta e parabéns pelo artigo.

  16. Emanuel Schott diz:

    Agora eu entendi porque meu Ubuntu não tem a opção de hibernar. Achei que a partição SWAP não fosse necessária, já que tenho 4GB de RAM no meu computador.

    Meu HD possui 250GB de capacidade e está particionado da seguinte forma: 100MB Boot do Windows 8, 100GB Windows 8, 7GB Ubuntu, 130GB Home.

  17. Klesl diz:

    Amigos …vocês são D+ !!!
    Abraços

  18. Gabriel Salles diz:

    Quando terminar de particionar, o miojo estará pronto =]

  19. ReeSilva diz:

    Fala galera, bom dia,

    eu já tenho o Ubuntu instalado e só depois disso – neste artigo – conheci este esquema de particionar um espaço só para a home. Eu tenho como fazer isso agora, ou só desinstalando e reinstalando o Ubuntu?

    Abraços e parabéns pelo trabalho.

  20. Arlindo Fernandes diz:

    Eu não particionei pelo windows e não tive nenhum problema!

    Parabéns pelo trabalho equipe do ubuntued!

Deixe um comentario


Pesquisar


Publicidade

  • Forum Do Ubuntued
  • Ubuntu Dicas
  • Ubuntu-BR-SC
  • Tomates Podres
  • Servidores com Ubuntu desde 5$ do mês
  • Anuncie no Ubuntued!