Modo Classico no Ubuntu 12.04 Precise PangolinMO Ubuntu, por padrão, traz o ambiente gráfico Unity, que se caracteriza por ter uma lançador de aplicações (chamado de Dash) e uma barra lateral recheado de efeitos visuais e funcionalidades importantes para aumentar a produtividade.

Apesar deste ambiente prometer maior produtividade, a verdade é que ele é diferente do usual, não trazendo um menu de acesso rápido às aplicações nem uma lista de janelas abertas. Para todos os utilizadores que procurem um ambiente com essas características, existe uma boa notícia: eles podem trocar para o Gnome-Classic.

O Gnome-Classic é caracterizado por ter um visual simplista e leve, muito semelhante ao visual dos Ubuntus mais antigos e até do Windows, ou seja, com um menu principal de acesso rápido às aplicações instaladas e às pastas/locais mais importantes do sistema. Assim, neste artigo mostra-se como se pode ter esse ambiente gráfico no Ubuntu 12.04 Precise Pangolin.

Modo Classico no Ubuntu 12.04 Precise Pangolin - MenusMDe uma forma geral o Gnome-Classic, também chamado de Ubuntu clássico, apresenta-se com um visual constituído por duas barras (ver imagem abaixo):

  • Uma barra superior que: inclui o menu principal de acesso às aplicações e locais importantes do sistema (mostrado na imagem acima) e inclui os vários indicadores abertos, nomeadamente o controlo do som, da rede e relógio;
  • Uma barra inferior: que inclui a lista das janelas abertas na área de trabalho e também um ícone que possibilita trocar de áreas de trabalho.

Encerrar sessão para trocar de ambiente gráficoM

Como ter o Ubuntu clássico no Ubuntu 11.10?

O Gnome-Classic, não vem instalado por padrão, no entanto, a sua instalação é extremamente simples e a ativação é igualmente fácil pois passa por escolher o Gnome-Classic na tela de login. Siga o procedimento explicado a seguir e caso tenha dúvidas veja o vídeo demonstrativo no final do artigo.

Para começar deverá clicar no botão seguinte ou então deverá escrever comando seguinte no terminal para instalar o Gnome-Classic:

sudo apt-get install gnome-session-fallback

Depois do processo de instalação ter terminado, você já pode efetivamente utilizar este ambiente gráfico. Para tal, tal como referido no início desta secção, precisa de ir à tela de login do Ubuntu. Pode fazer de duas maneiras, reiniciando o Ubuntu ou simplesmente reiniciando a sessão, ou seja, clicando no botão do Menu do Sistema (que se encontra no canto superior direito) e escolhendo a opção “Encerrar sessão…
Encerrar sessão para trocar de ambiente gráficoM

Quando estiver na tela do login do Ubuntu, clique no botão que fica imediatamente acima da caixa de texto onde você digita a sua senha, tal como na imagem abaixo:

botao dos ambientes visuais do UbuntuM

Ao clicar nesse botão, será apresentada uma lista com os vários ambientes gráficos que você tem instalados. Se seguiu este artigo, deverá ter não só a opção “Ubuntu” e “Ubuntu 2D” (as opções do Unity que Ubuntu traz por padrão) mas também as opões “GNOME Classic” e “Gnome Classic (No effects)”. Destas duas últimas, a primeira é o Gnome-Classic normal com alguns efeitos visuais (que o Unity também tem) e o segundo é ainda mais leve pois não traz esses efeitos visuais.

Modo Classico no Ubuntu 12.04 Precise PangolinMAssim, escolha a opção “Gnome Classic” e depois digite a senha como normalmente você faz para aceder ao Ubuntu. Verá que o ambiente gráfico já não é o Unity mas, sim, o Ubuntu Clássico.

 

Como voltar ao Unity?

Você instalou o Gnome-Classic mas não gostou do ambiente gráfico e agora quer voltar para o padrão do Ubuntu que é o Unity? Muito simples, volte à tela de login tal como descrito na secção anterior, e em vez de escolher “GNOME Classic”, escolha a opção “Ubuntu”. Depois digite novamente a senha para entrar no Ubuntu com o Unity.

unity no login do UbuntuM

 

Vídeo demonstrativo

Se ficou com alguma dúvida sobre este procedimento, a equipa do Ubuntued recomenda que você veja este vídeo que não só mostra a instalação como a alteração entre ambientes gráficos: primeiro alteração para o Gnome-Classic e depois a voltar para o Unity.

 

45 Respostas ate agora.

  1. Marcelo diz:

    Eba, finalmente me livrei desse encosto ahusauhauhuashuasu
    Valeu! :D

  2. João diz:

    Maravilha de liberdade !!!…Até onde sei o Netspeed só funciona no classic ….e não vi alternativa…
    Obrigadão !!!….

  3. joao diz:

    no ubuntu 13.04 da para instalar gnome classic

  4. Josafá Orrico diz:

    Vejam a dica de Anderson de Souza – Ubuntu 12.04 LTS: Como ter de volta o GNOME 2.x
    http://www.hardware.com.br/dicas/gnome2-ubuntu120

  5. kurtkokain diz:

    muito bom

  6. P3K4D0R diz:

    Instalei o Ubuntu 12.10 no Virtual Box aki no meu amigo e tava traavando horrores. Depois de instalar o Desktop Clássico ficou tudo nice :D

  7. felipe diz:

    Testado no novo ubuntu 12.10 …. funfou tranquilo. Grato pela dica.

  8. Felipe diz:

    Legal, mas um problema que rolou aqui é que os botões da maximizar, fechar e minimizar a janela não aparecem quando ela esta aberta.

  9. wagnersantos140899540 diz:

    Obrigado! Isso me ajudou muito porque detesto o Unity, prefiro a simplicidade. De: http://superlinky.com

  10. Allan diz:

    Novais, nem dá para chamar isso de Gnome Classic, pois o Gnome mesmo permitia a personalização das barras.

  11. Mauricio diz:

    Dica muito boa obrigado.

  12. Daniel diz:

    Muito obrigado o tutorial foi de grande ajuda!

  13. Fabricio Santos diz:

    Antes de executar o comando acima, devemos primeiro executar:
    sudo apt-get update

  14. Francisco diz:

    ótimo tutorial, obrigado

  15. Juh diz:

    Meu alt+tab não funciona em meu gnome c/ efeitos…volta a funcionar se eu utilizar a opção sem efeitos.
    Como faço para arrumar isto?

    Obrigada!

  16. Thyego Ferraz diz:

    Como fazer para desfazer esse processo, "desinstalar"?

  17. Fernando diz:

    Não tenho tela de login, onde altero dentro do Ubuntu?

  18. jose diz:

    Mudei do Ubuntu 9.04 para o 12.04 e achei péssimo o Unity. Instalei, conforme orientações o Classic e sumiu relogio, desligar etc. Não consegui resolver ainda, mas minha queixa é: Onde está minha liberdade de escolha… que saco colocar os lançadores… Canonical, fica esperta, assim não dá!!!

    • Allan diz:

      José na verdade a Canonical não está nem aí para ti.
      Eles fazem o que querem com a distro e os linuxers acabam engolindo. Boicote já a Canonical! Eu quero poder personalizar as barras do desktop e usar os temas que usava antigamente no Gnome (GTK+Metacity).

  19. Christopher diz:

    sudo apt-get install gnome-session-fallback
    Lendo listas de pacotes… Pronto
    Construindo árvore de dependências
    Lendo informação de estado… Pronto
    O pacote gnome-session-fallback não está disponível, mas é referenciado por outro pacote.
    Isto pode significar que o pacote está faltando, ficou obsoleto ou
    está disponível somente a partir de outra fonte
    Alguém sabe como resolver isso?

  20. Isaias diz:

    Eu sou um admirador do ubuntu desde a versao 6 so que depois as novas versoses atuais que mudou o estilo do menu …particularmente eu achei muito ruim e por isso resolvi mudar pro CentosOS 6.2
    porque tem aparença do unbuto 10.4

    • Cláudio Novais diz:

      Não precisava de ir até ao CentOS, podia utilizar outro derivado do Ubuntu, nomeadamente o Kubuntu ou Mint! O fedora era outra solução muito viável.

      Entretanto, creio que para os mais exigentes, um Debian ou então o “Mint debian based” será o ideal! ;)

  21. Juan diz:

    Quando faço o login no modo clássico, o relógio volume e tudo mais que fica na barra superior do lado direto some, alguma solução pra isso?

  22. Seria interessante um artigo de durante a instalação do Ubuntu 12.04 escolher como padrão o Gnome-Classic em máquinas antigas e um item que falta complementar neste artigo é que durante a instalação, quem opta em logar automaticamente não tem a opção de login do Ubuntu com as opções de ambientes gráficos.

  23. Matheus diz:

    Quando eu inicio o Gnome o painel lateral o Unity aparace.
    Como posso resolver?

    • Cláudio Novais diz:

      Olá MAtheus,

      Se escolher no login a sessão do Gnome Clássico, aparece o painel do Unity?? Se sim, o melhor é criar um tópico no fórum do ubuntued para ver se conseguimos resolver com auxílio de uma imagem a mostrar o problema, que eu gostava que você partilhasse lá! ;)

      Até já ;)

  24. Jeronimo diz:

    Como faço pra funcionar os menus dos Paineis? Pra adicionar icones neles? Além disso as cores dos programas no task bar ficaram brancas quando estão em segundo plano.. alguém sabe como arrumar isso?

  25. Aldumon Fernandes diz:

    É sempre bom poder contar com ubuntued!
    Parabéns novamente. 10!
    abraço fraterno

  26. Luciano diz:

    eu uso ubuntu 10.4 e baixei aqui algum pacote gnome e instalei, agora não consigo abrir mais nada e nem voltar para a plataforma anterior usual do ubuntu, o que eu faço?

    • Cláudio Novais diz:

      Luciano,
      será que pode criar um tópico com esse problema no forum ubuntued? Assim poderá receber uma ajuda mais completa. Já agora, no tópico seja mais concreto, explicitando todos os pormenores! ;)

      Até já! ;)

  27. Wadilson diz:

    O mesmo pacote funciona no Ubuntu 11.10 também?

    Saudações

  28. Muito bom! Ainda não encontrei um usuário sequer que tenha gostado do Unity ou do próprio Gnome 3.
    Minha alternativa foi correr pro Mate do Linux Mint, mas acabei voltando pro Arch.

    Btw. acho que agora eu reinstalo o Ubuntuzão. ;-)

    Thx! []'s

    • Cláudio Novais diz:

      Não se esqueça que tem também o Cinnamon! :D

    • Marco diz:

      Junior! Eu adoro usar o Ubuntu com Unity, utilizo desde de a versão 11.04 e hoje estou com 12.04 que por sinal é uma verdadeira transformação no ambiente de trabalho. Já me acostumei a usar a tela super para navegar pelo unity, utilizo o Ubuntu Tweak, MyUnity e Unsetting para personalizar o Unity, icones e temas com uma facilidade incrível. Bom, só para que você saiba que existe muitos usuários do Ubuntu que usam e aprovam o Unity que está cada vez melhor e eu sou um deles.

Deixe uma resposta a Christopher