Google Gadgets

As mini-aplicações tem-se proliferado cada vez mais. A sua quantidade e diversidade é uma das vantagens deste tipo de aplicações que têm como principal objectivo apresentar rapidamente informação útil. Ora, a Google disponibiliza uma vasta gama de mini-aplicações, chamadas de Google Gadgets, que disponibilizam ao utilizador as mais variadas funcionalidades. Este artigo explica como pode ter, então, estas excelentes Gadgets que tornarão o seu Ubuntu bastante mais bonito e com informação útil.


As Google Gadgets estão categorizadas em dois grandes grupos, as oficiais (criadas pela Google) e as da comunidade que tem feito cada vez mais Gadgets tornando possível obter informação de quase tudo o que precisar. Apesar deste último grupo conter uma grande quantidade de aplicações que satisfazem a maior parte dos gostos, existe um pequeno senão: a confiança. Podem existir aplicações que podem danificar o seu computador. Por isso mesmo, normalmente, quando instala um novo Gadget, recomendo que veja os comentários na página dela e verifique, com cuidado, os termos de utilização.

Google Created Gadgets

Partindo do princípio que as aplicações são de confiança (para já eu ainda não tive qualquer problema!), a quantidade de áreas que estas mini-aplicações abrangem é enorme: vai desde mini-aplicações para obtenção de informação do tempo (meteorologia), passando por leitores de RSS’s, conversores de unidades (de comprimento, peso, moedas, por exemplo dollar/euro, etc.), twitter, email, notícias, entre muitas outras.

Meu desktop com algumas gadgets que utilizo frequentemente

Por forma de exemplo de quão útil são as Google Gadgets, pode ver a imagem acima (clique nela para vê-la na totalidade) que contém as várias mini-aplicações que utilizo diariamente. Utilizo uma aplicação para conversão de valores de dinheiro, entre dollar/euro/libras, pois faço muitas compras online e que normalmente não são do país que vivo. Para além disso, aproveito e tenho sempre o relógio e a meteorologia para não ter surpresas ao sair de casa. Como utilizo o twitter e gosto de estar informado, utilizo um cliente do twitter e também tenho as notícias do Google sempre à minha disposição. Como normalmente deve-se estar atento ao tamanho das compras online, tenho sempre comigo um conversor de medidas de peso e comprimento que me facilitam bastante as compras.

Google Gadgets


Instalação

A instalação das Google Gadgets é muitíssimo simples pois é apenas preciso instalar o gestor oficial que já vem disponível nos repositórios oficiais do Ubuntu. Por esse motivo a instalação é tão simples como qualquer outra aplicação do Ubuntu, ou seja, para instalar clique aqui ou escreva o seguinte no terminal:

sudo aptitude install google-gadgets-gtk


Sidebar

Depois da instalação estar concluída, para ter acesso às Google Gadgets e ter acesso, também, ao gestor das mesmas, basta ir a Aplicações →Internet →Google Gadgets (GTK). Irá reparar que será apresentada uma sidebar (barra lateral) com alguns Gadgets. Se não a quiser (ou se a tirou e agora quer voltar a tê-la), basta clicar na tecla da direita do rato em cima do ícone das Google Gadgets e escolher a opção Sidebar.

A desligar/ligar barra lateral

Gestor das Gadgets

Para poder adicionar novas Gadgets, deve utilizar o Gestor que apresenta uma vasta gama de Gadgets e permite instalar com apenas um clique. Para ter acesso ao Gestor, basta clicar com a tecla da direita do rato em cima do ícone do Google Gadgets e escolher a opção “Add Gadget…” (veja imagem acima). Depois disso, basta navegar, escolher as que quer, e clicar no botão “Add” para adicionar cada uma. Muito simples.

A adicionar Gadget

Como adicionar Gadgets novas?

Se reparar, a quantidade de Gadgets que o gestor apresenta é muito diminuta comparada com a enorme quantidade de Gadgets disponíveis através do site oficial da Google. Infelizmente, o gestor não disponibiliza uma opção simples de adição de novas Gadgets, por isso, se precisar de alguma que não esteja disponível por padrão do gestor de Gadgets, siga os passos a seguir para instalar Gadgets extra:

  • Comece por visitar a página das Google Gadgets e escolha a que você quer instalar;

Site do Google Desktop

  • De seguida, faça download dela (um ficheiro com a extensão .gg);

A fazer download de um gadget

  • Dê duplo clique na extensão e em princípio ela ficará instalada; No entanto, se tiver algum outro problema, experimente fazer o seguinte:
    • No caso de não instalar, feche a aplicação Google Gadgets e volte a dar duplo clique;
    • Caso o Ubuntu não saiba que programa abrir ao dar o duplo clique, clique com a tecla da direita do rato em cima do ficheiro .gg que fez download, e escolha a opção “Abrir com outra Aplicação…”. Na nova janela, na opção “Usar um comando personalizado”, escreva, sem aspas o seguinte: “ggl-gtk“;
    • Se depois de reiniciar as novas Gadgets não aparecerem, então mova o ficheiro .gg que fez download para a seguinte pasta oculta da sua Pasta Pessoal:

      ~/.google/gadgets/downloaded_gadgets

      Depois, volte a dar duplo clique, tal como referido acima, para instalar a extensão!

Pasta onde deverá colocar os gadgets que fizer download!

Arranque

Infelizmente, as Google Gadgets não têm uma opção que permita pô-las no arranque do Ubuntu. Sendo assim, para ter as mini-aplicações disponíveis logo que liga o seu computador, deverá adicionar, manualmente, ao arranque do Ubuntu. Para tal, abra as “Preferências de aplicações de arranque” (Sistema →Preferências →Aplicações de arranque) e clique no botão “Adicionar”. Depois, basta preencher da seguinte forma e clicar em “Adicionar”:

Nome: Google Gadgets (GTK)
Comando: /usr/bin/ggl-gtk %F
Comentário: Run Google Gadgets in GNOME/GTK environment

Google Gadgets no arranque do Ubuntu

21 Respostas ate agora.

  1. fabianovasconcelos diz:

    O que mais me impressiona nesta página é o layout! Porra! Do caralho, viu? Faz tempo que eu sou apaixonado por ela. Qualquer dia desses eu roubo pra minha página! Rsrsrsrsrsrs…

  2. ao digitar o comando "sudo aptitude install google-gadgets-gtk" no terminal aparece a seguinte mensagem de erro: " sudo: aptitude: command not found".

    Sou extremamente novado em Linux (e Ubuntu), logo não faço ideia de como resolver. Agradeço desde já e aguardo instruções.

    • Pedro diz:

      Há um erro aí. Estou aprendendo a mecher no terminal agora, mas comigo deu certo assim:

      sudo apt-get install google-gadgets-gtk

      Abraços (:

      ~Pedro Augusto

    • Paulo Souza diz:

      o command line APTITUDE nao vem instalado no Ubuntu…

      instale por aqui:
      sudo apt-get install aptitude

      ou vc pode usar o apt-get somente:

      sudo apt-get install google-gadgets-gtk

  3. TecnoX diz:

    viva, instalei o Google Gadgets funciona e arranca de inicio mas não assume o fundo do ambiente de trabalho , desligo e volto a activar e já assume o fundo !!!! terá a ver com o comando " %f "
    TecnoX

  4. [...] bastante úteis. As Screenlets são um software equivalente às já apresentadas aqui no Ubuntued Google Gadgets, no entanto, têm a vantagem de serem acompanhadas de uma forma mais contínua pelos seus [...]

  5. [...] Neste ponto o Ubuntued irá apresentar uma forma de expandir o seu Opera ao seu Ambiente de Trabalho (também denominado por Desktop) através de instalação de Widgets. Os Opera Widgets são ferramentas algo semelhantes ao Google Gadgets. [...]

  6. [...] este fantástico artigo escrito por Cláudio Novais sobre como ter Google Gadgets no Ubuntu, pode activar uma Sidebar ao estilo do [...]

  7. Luís C. diz:

    Olá Cláudio!

    Sim também achei estranho tal ocorrer, mas pude verificar na altura que era mesmo uma incompatibilidade entre OpenOffice e Google Gadgets, já que, na altura, estava carregado de relatórios/trabalhos e como estou no ramo da Engenharia, todos eles requerem o uso de fórmulas, apenas e só as fórmulas saíam desformatadas e com caracteres desconhecidos. Assim que desligava o Google Gadgets ficava tudo resolvido. Mas de lembrar que na altura ainda estava na versão acima da 2.4 do OpenOffice… desde essa altura já pode ter sido resolvido.

    Quanto ao facto de arrastar… bem, quando se tem um só núcleo de CPU, claro que arrasta um pouco, seja de 2005 ou de 2010… mas se houver mais memória RAM disponível, pode até nem se notar… O facto de ter aparecido o núcleo múltiplo veio a melhorar o desempenho, pois conheço casos em que o facto de ter um pc com 2 núcleos, se evitou o encravamento do sistema, pois um programa empancou, mas o utilizador conseguia na mesma continuar a trabalhar, pois os núcleos estavam a trabalhar em paralelo, só quando foi ver do programa é que soube que ele estava empancado!

    Cumps!

  8. Cláudio Novais diz:

    Olá Angelo,
    Sim, tal como referi no artigo sobre a Camada Transparente de Gadgets da Google, estas miniaplicações gastam alguns recursos que em hardware mais antigo pode ser sentido ao nível de performance. No entanto, acredito que nos últimos computadores isso não se sinta praticamente nada. Aliás, no meu computador a diferença é mínima!

    Olá Luís C.,
    Esse seu problema é um pouco estranho. Não vejo nenhuma relação entre as Google Gadgets e o OpenOffice. No entanto, como acredito que não faça uso frequente (diário, por exemplo) dessa funcionalidade, quando precisasse dela, bastava desligar as Google Gadgets.
    Quanto à performance, é como disse acima, realmente em computadores antigos isso pode acontecer, no entanto, nos mais novos isso já não se deve sentir muito.

    Olá Diego,
    E uma resposta apenas para o agradecer pelo comentário! :)

    Olá Miguel Faria,
    Obrigado pelo comentário. Acredito que se gostava para windows também vá gostar para o ubuntu!

    Olá Silfar,
    Estou a usar o tema elementary e, sim, estou a utilizar o Global menu! Pode ver aqui um artigo muito bem explicado sobre o elementary:
    http://ubuntued.info/tema-9-elementary

    Olá Bráulio,
    Sim, o apt-get é considerado dos melhores gestores de aplicações que existe!

    Olá Steluti,
    Obrigado pelo comentário! Aproveite e, se gosta do blog, subscreva-o para receber as novidades em primeira mão!

    Olá Nozes,
    Sim, o gDesklets também é muito bom, assim como o Screenlets. No entanto, um pouco ao contrário das Gadgets da Google, essas estão um pouco esquecidas no sentido de não haver novidades de novas gadgets.

    Obrigado a todos pelo apoio e espero que continuem a comentar o nosso trabalho aqui no Ubuntued, pois os comentários são a nossa fonte de energia para escrever mais artigos! :D

    Abraços.

  9. [...] Para além dessa funcionalidade, como é óbvio, também é preciso ter as Gadgets da Google instaladas. Para saber tudo sobre as Google Gadgets, recomenda-se que leia o artigo seguinte: Como ter as Google Gadgets no Ubuntu [...]

  10. Nozes diz:

    Ola, Parabéns o seu blog se n for o melhor e uns dos melhores do mundo, sempre entro aki para ver as dicas

    existe um esquema deste no central de Programas Ubuntu, tem bastante coisa nele vale a pena da uma olhada e ele ja tem a opção de arranque o nome dele e gDesklets

    Abraço

  11. [...] PDRTJS_settings_1189072_post_405 = { "id" : "1189072", "unique_id" : "wp-post-405", "title" : "Como+ter+os+Google+Gadgets+no+Ubuntu", "item_id" : "_post_405", "permalink" : "http%3A%2F%2Fsimasware.wordpress.com%2F2010%2F03%2F25%2Fcomo-ter-os-google-gadgets-no-ubuntu%2F" } Como ter os Google Gadgets no Ubuntu [...]

  12. Steluti diz:

    Comandou !!!
    Parabens pelo site. Sempre com boas dicas.

  13. Bráulio diz:

    Viva ao APT-GET !

  14. Silfar diz:

    Como sempre muito bom artigo.
    Mas me tira uma dúvida, que tema é esse que vc está usando ?
    E tá usando o global menu também ?

  15. [...] This post was mentioned on Twitter by Planet Ubuntu Brasil, Ricardo Ferreira, mendesbsb, Daniel Muntaner, luiz silva and others. luiz silva said: ♻ @ubuntued: Como ter os Google Gadgets no Ubuntu http://goo.gl/fb/Pc9I [...]

  16. Miguel Faria diz:

    Conhecia para Windows nao para ubunto. vou experimentar :D

    Cumps.

  17. Diego diz:

    Um comentário apenas para parabenizá-lo! valeu…..

  18. Luís C. diz:

    Olá!

    Já havia testado o Google Gadgets, pouco depois de ter realizado a travessia Windows XP para Ubuntu, mas tive de desistir pois tal como me acontecia em Windows, em Ubuntu apesar de pesar menos, o PC continuava a arrastar-se um pouco quando tinha isto a funcionar. Para além de ter um problema, em que a única solução era a desactivação temporária do Google Gadgets quando queria exportar documentos para PDF no OpenOffice, pois as fórmulas ficavam com caracteres ainda mais esquisitos do que aqueles que as fórmulas inicialmente tinham. Não sei como está com esta versão, mas não há nada melhor que seguir este tutorial e tirar as minhas conclusões :]

    Cumps!

  19. Angelo diz:

    Este tipo de software é bonito mas gasta muitos recursos… :\

    Mas mesmo assim bom trabalho, parabéns!

Deixe um comentario