Efeitos de mostrar as janelas e ambientes gráficos com movimentos do Cursor
Apesar do Unity ter uma estrutura que possibilite uma produtividade muito interessante, o Gnome-shell tem funcionalidades diferentes que conseguem também aumentar a produtividade. Uma das funcionalidades mais interessantes do Gnome-Shell é a apresentação das áreas de trabalho e respetivas aplicações abertas quando se leva o cursor do mouse ao canto superior esquerdo da tela.

Este artigo requer:


Assim, neste artigo, mostra-se como ter essa funcionalidade no Unity. Basicamente este pequeno artigo explica como apresentar as janelas abertas (tal como na imagem acima) simplesmente movendo o ponteiro do mouse para o canto superior esquerdo. Para além disso, neste artigo ainda se recomenda e explica como mostrar as áreas de trabalho simplesmente movendo o cursor do mouse para um canto inferior esquerdo (tal como é ilustrado no lado direito da imagem acima).

Para mostrar o resultado final que o procedimento deste artigo produz, recomendamos que veja o vídeo seguinte:

Combinação de teclas para mostrar as janelas abertasBasicamente esta funcionalidade sempre existiu no Ubuntu, através do Compiz. Portanto, se você tem o Unity, que funciona através do Compiz, então pode até experimentar já ver se ela funciona corretamente no seu computador. Para tal, faça a combinação de teclas Super+W para ver as janelas abertas na sua área de trabalho; e faça a combinação de teclas Super+S para ver as áreas de trabalho.

Funcionou essa combinação de teclas? Então este artigo mostra-lhe como ter esta funcionalidade com o simples movimento do mouse para um dos cantos da tela. Antes de mais, para ativar esta funcionalidade precisa de ter o Sistema de Configuração do Compiz instalado. Ainda não o tem instalado? Veja este artigo:

 

Como mostrar as aplicações abertas com o cursor do mouse no canto da tela

Depois de ter o Sistema de Configuração do Compiz instalado, abra-o através do Unity tal como se mostra na imagem abaixo à esquerda. Quando a janela estiver aberta, procure pelo plugin “Dimensionar” e abra-o tal como se mostra na imagem abaixo à direita.
A abrir o Gestor do Compiz através do Unitya abrir o plugin DIMENSIONARM

Quando entrar nas opções do plugin “Dimensionar” irá ver 3 abas. Escolha a terceira aba que apresenta a lista de atalhos para mostrar as janelas. De entre as várias opções, encontrará uma que está definida com o atalho “Super+W” com um ícone de um terminal (tal como pode ver na imagem abaixo), chamada “Iniciar Seletor de Janelas“.

Captura de tela de 2013-05-29 16:50:38M

Para ativar então esta funcionalidade com o simples movimento do cursor do mouse para o canto da tela, deverá definir a mesma opção mas relativa à tela, ou seja, clicando no botão da opção com o mesmo nome mas com o ícone do monitor. Essa opção é a que o cursor está a apontar na imagem acima.

Escolha uma das opções de movimento do cursor Canto escolhido para despoletar a ação

Será então apresentada uma janela semelhante à da imagem acima à esquerda com as várias hipóteses que você tem de despoletar esta funcionalidade. Escolha uma das hipóteses clicando numa das zonas vermelhas. Neste caso, escolhemos o canto superior esquerdo tal como se mostra na imagem acima à direita.

Depois de clicar na botão OK, a opção fica imediatamente disponível, portanto para experimentar mova o cursor do mouse para o canto que definiu e veja o resultado!

 

Como mostrar as Áreas de trabalho movendo o cursor do mouse para o canto da tela

O procedimento para esta funcionalidade é praticamente o mesmo apresentado na secção anterior. Comece por abrir o Sistema de Configuração do Compiz através do Unity tal como se mostra na imagem abaixo à esquerda. Depois procure pelo plugin “Expo” e entre nele, tal como se mostra na imagem abaixo à direita.
A abrir o Gestor do Compiz através do UnityA abrir o plugin EXPO

Logo na primeira aba, são apresentadas as opções de definição do efeito de apresentar as áreas de trabalho, tal como pode ver na imagem abaixo em que está presente a combinação de teclas Super+S (combinação que você tinha testado no início do artigo).

Clique aqui para definir um local da tela para despoletar a ação

Assim, para definir a funcionalidade de mostrar as áreas de trabalho, clique na mesma opção que a opção do Super+S, mas relativa aos monitores (com o ícone do monitor). Ou seja, clique na opção que o cursor está a apontar na imagem acima, intitulada “Expo Edge“.

Escolha uma das zonas da TelaNós escolhemos o canto inferior esquerdo

Tal como ocorreu no procedimento anterior, será apresentada uma janela semelhante à da imagem abaixo à esquerda com as possíveis zonas de definição do atalho. Nós escolhemos o canto inferior, tal como se mostra na imagem abaixo à direita.

Depois de definir uma zona, clique em OK e pode testar imediatamente o resultado movendo o cursor para o local onde você definiu.

 

34 Respostas ate agora.

  1. Daniel diz:

    Gostei, antes tinha que instalar o tweak ubuntu para fazer esse negócio do compiz, gostei muito.

  2. João diz:

    Como deixo a sensibilidade parecida com a barra do unity? pois quando vou por exemplo fechar algum programa acabo acionando o dimencionar sem querer…

  3. João Damasceno diz:

    Poxa estranho, mais no meu caso deixou de funcionar sem mais nem menos. E não volta a funcionar de jeito nenhum. Uma pena…

  4. Anderson diz:

    Gostei das dicas, valeu!

  5. Jeovan diz:

    Eu uso o Ubuntu-Tweak para ativar essas opções.

  6. Alex Pedrasi diz:

    Eu gostei demais da dica! Muito boa!
    Mas ainda queria algo mais: o SUPER + W mostra as janelas abertas na área de trabalho em questão; tem algum comando (por teclado ou por mouse) para escolher entre todas as janelas abertas em todas as áreas de trabalho?

    • Cláudio Novais diz:

      Infelizmente essa funcionalidade deixou de funcionar nas últimas versões do Compiz. Talvez em próximas atualizações isso volte a funcionar. Mas não tenho muitas esperanças pois acho que deixou de funcionar desde que o plugin do Unity foi integrado no Compiz :\

  7. SuperEly diz:

    É realmente um dos recursos que eu mais gosto no Gnome-Shell que uso aqui.

    Mas não tenho reclamações sobre o Unity também.

  8. Parabéns pelo artigo. Muito interessante, funcionou perfeitamente no meu pc.

    • Cláudio Novais diz:

      Quando gostarem dos artigos, façam algo muito simples que agradecemos imenso: partilhem os artigos nas redes sociais com os vossos amigos! ;)

      Desde já obrigado! :)

  9. Fábio diz:

    O problema, é que ao encerrar a sessão, por algum motivo bizarro o unity dá algum tipo de incompatibilidade com algum plugin e desabilita essas opções.

  10. Alexandre diz:

    muito massa eu quase tava migrando pro gnome shell

  11. @rclages diz:

    Muito bom o artigo… didático e funcional… parabéns ;)

  12. Sandro Cunha diz:

    Excelentes Dicas!

  13. Lincoln de Macêdo diz:

    também é possível ativar este recurso através do Ubuntu Tweak

  14. marquim.rcc diz:

    Muito massa.
    vou testar certeza.

  15. Artur Canabarro diz:

    Excelente dica. Obrigado!
    E sobre a possibilidade de colocar os efeito do Compiz tipo janelas gelatinosas, efeito explosivos entres outros que antes do Unity se podia usar sem problemas no Ubuntu 10.10, sabe se já é possível utilizá-los?

Deixe uma resposta a marquim.rcc