Steam para Linux

Depois da EA Games chegar ao Linux, a Valve também marcou território, chegando até a dizer que a plataforma Linux é melhor para jogos que o Windows 8. Na última conferência do Ubuntu, a Valve apresentou o Steam para Linux e distribuiu senhas para um beta fechado – apenas para quem estava no evento. Mas isto vai mudar.

Na semana que vem, a Steam para Linux estará disponível como beta para qualquer um testar. Segundo a Valve, a estabilidade da versão foi a responsável pelo lançamento do beta público. A Steam para Linux era apenas para quem fosse convidado a testar pela própria empresa – ou burlando o sistema de verificação da Valve.

Steam no UBuntu

Diversos jogos estarão disponíveis para a plataforma Linux, dentre eles Amnesia, Killing Floor, The Book of Unwritten Tales: The Critter Chronicles e World of Goo. Estes jogos já apresentam novos requisitos mínimos de sistema em suas páginas na Steam.

E não é só isto. Quando o beta for aberto ao público, a Valve também colocará no ar uma página nova com detalhes da explicação de como instalar o Ubuntu e a Steam para Linux e um repositório para a instalação mais fácil do aplicativo. E os jogos para Linux estarão disponíveis para compra.

Se você gosta de jogos, esta é uma ótima novidade. Mas não apenas para quem gosta de jogos. Com a vinda deste conteúdo para o Linux, muita coisa pode mudar. Um dos motivos de usuários não migrarem para o sistema do pinguim era exatamente a falta de jogos. Com a vinda da Valve e da EA, isto pode mudar. O que você acha da atitude da Valve de trazer a Stem para o Linux? Você é um Gamer e usuário de alguma distribuição Linux? Deixe sua opinião nos nossos comentários.

 

Referências

 

17 Respostas ate agora.

  1. Deleon diz:

    Uma pena, isso acontecer somente agora que sou pai de família e não tenho tempo para jogar. :'(

  2. Marcos Vargens diz:

    Infelizmente ainda não existe a possibilidade de escolher onde os jogos vão ser instalados. Isso deixa muito a desejar no steam, pois tenho um hd separado para jogos. E ele exige que seja instalado na partição em que roda, o que nem de longe tem o tamanho minimo necessário, no meu caso, ja que ela é somente para manter documentos. Espero que arrumem isso logo.

    • Cláudio Novais diz:

      Isso de instalar noutra partição sinceramente não sei o porquê disso, mas parece-me que isso é uma instalação natural dos ficheiros deb, portanto acho que deve estar correto. Acima de tudo espero que os maus costumes do windows não venham para o Linux, nomeadamente escolher locais para instalar programas, isso seria o fim do Linux. Iríamos começar a ver programas instalados nas /homes por exemplo e depois aí era o descalabro total em termos de segurança.

      Relativamente a usar o mesmo jogo tanto no Linux como no Windows, também não faz sentido. No Windows as bibliotecas são usadas as do windows, nomeadamente provavelmente o DirectX. No caso do linux utiliza-se as bibliotecas do Linux. Por algum motivo a migração dos jogos da steam para o Linux demoraram a ser construídos, para usar nativamente as bibliotecas do sistema.

      Eu apoio muito a vinda da valve para o Linux, mas por favor, não apoiem tais facadas ao mundo Linux, como o querer instalar programas em sítios pessoais ou quererem fazer programas/jogos que afinal usam bibliotecas do Windows. Para isso usem o Wine, simples e eficaz. Agora para coisas nativas, não faz qualquer sentido usar a mesma instalação em sistemas independentes e completamente heterogéneos.

      Ah isto não é ser xiita, isto seria completamente mal desenvolvido se não fosse assim.

      • Marcos Vargens diz:

        Cláudio, entendo sua preocupação, mas escolher onde os jogos serão instalados, não muda em nada os padrões do linux. Isto claro dentro da steam, pois os jogos ficam TODOS armazenados em uma pasta interna dele. O steam sim precisa ser instalado conforme outros aplicativos. Eu tentei criar um link para essa pasta, apontando para outro HD, o que é uma coisa natural no linux. E mesmo assim não funcionou. Não acho correto reservar 1 TB para o sistema só pq será instalado jogos nele. Não vejo isso como uma coisa do windows e sim de quem utiliza muitos jogos eletrônicos. Sempre deixei reservado 30gb para o SO e nunca precisei de nais que isso. Também não vejo falha de segurança, já que os direitos de execução nessa pasta não serão de root.

        • Cláudio Novais diz:

          Se os jogos forem instalados via deb, em princípio têm permissões root. E acho que eles querem fazer isso, instalar via deb. Sobre a localização efetivamente não sei qual é a atual, mas fugir a padrões sinceramente é coisa que não gosto.

          Sobre a partição ser pequena, você ao instalar o Ubuntu tem de prever exatamente se vai ou não usar muito espaço com programas e jogos. Sinceramente não acho boa ideia separar os jogos para outro local qualquer. A desordem virá logo a seguir com programas também proprietários a perguntar onde instalar. Isso é desordem do Windows, por nunca ter tido padrões fixos. Coisa que felizmente o Linux tem, principalmente no que toca a ficheiros deb!

          • Marcos Vargens diz:

            Você não entendeu. O Steam, assim como Origin da EA tem uma pasta especifica onde são instalados todos os seus jogos. Não é permitido instalar um jogo em cada lugar e tenho certeza absoluta que eles não são no formato .deb, pois no windows não são no formato .msi, eles são instalados no formato que irão rodar e tem todo um controle dentro desses clients de compra de jogos, inclusive o download só é possivel por eles.
            Quanto a jogos no formato .deb não conheço nenhum. A maioria dos que vi era em formato .bin e nenhum instalava no mesmo lugar. Alguns em /usr/lib outros em /usr/share e por aí vai.

            No caso do steam e do Origin não vira bagunça pois ambos seguem padrões de controle deles e não do sistema, ja que não se trata de uma instalação padrão. Você instala e desinstala de dentro deles e não de fora, isso tem a ver com o modelo de negócio deles.
            Jogos fora desse formato, concordo absolutamente com você que devem seguir o padrão do sistema. Mas hoje, os jogos da Steam são instalados na home do usuário por padrão, em uma pasta oculta dentro do .local, o que acho muito ruim.

          • Cláudio Novais diz:

            São instalados na home?? :o

            Não sabia disso! o.0

            Isso é muito mau! Entretanto, sobre os debs, não sei, ouvi dizer que talvez fossem usar. Mas não sei de nada.

          • P.Lobo diz:

            se não me engano (e até estou a testar neste preciso momento) se iniciar o steam com o comando "steam -dev" terá acesso um extra chamado "consola"

            nele corra o comando: install_folder_ui

            Adicione a localização onde deseja que os jogos sejam instalados, de agora em diante, ao instalar os jogos poderá escolher esta nova directoria.

            No entanto isto nao funciona com todos os jogos, e nem sei se o suporte para Linux já está devidamente configurado, mas a opção está lá :)

      • jorge diz:

        o steam pode ficar instalado no diretorio do usuario(home), mas os jogos pode ser instalado em hd removivel por exemplo ou ter uma partição só para games.

    • jorge diz:

      Tem geito sim de instalar em outro diretoria ou hd, é só ir na configuração do steam, primeiro menu a esquerda, depois vá na aba dowload+nuvem, embaixo na aba tem o botão gerenciador de aplicativo, nele vc pode adicionar ou remover diretorio para instalação dos games, lembrando que no ubuntu primeiro tem que montas as partições(discos) no nautilus, para vc poder encontrar no diretorio /media, quando estiver procurando no gerenciador de aplicativo do steam, meu hd é super dividido e naõ tem nenhum problema em relação a isso no steam.

  3. jorge diz:

    estou testando este beta do steam, o aplicativo ta rodando bem, e driver catalyst da amd tambem ( mas tive que baixar direto do site da amd porque o driver do repositório ubuntu esta ultrapassado), não podemos esquecer que tudo ainda esta em teste (jogos que seram portados para o ubuntu) e ainda vai levar uma cara pra tudo ficar pronto, apesar da velocidade que valve esta trabalhando, para fechar, espero que os usuarios linux que sempre reclamam da falta de jogos, compre os games quando tudo estiver ok!

  4. @fagnerln diz:

    Alguém que já esteja usando, sabe me dizer se da pra usar a mesma instalação do jogo no windows? Sei que são executáveis diferentes mas as texturas, sons, etc seria o mesmo. Pergunto isso pois a versão mais nova do steam permite escolher onde será instalado o jogo. Não é nada interessante ter o mesmo jogo instalado 2x no pc…

    • jorge diz:

      os jogos do ubuntu não rodaram no windows, pois eles estão sem portado s para rodar nativo no linux, e se voce tem um game instalado no ubuntu não tem porque instala-lo no windows tb!

  5. Luis Fernando diz:

    Eu sou usuário Linux não sou jogador mas acho essa uma ótima noticia para os usuários Linux.

  6. Di' stante diz:

    Espero que empresas como NVIDIA e ATI lancem drivers a altura. Tive muitos desgostos usando o Linux numa GTX 550 TI (NVIDIA) Inclusive optei por manter apenas o Windows 7 no PC. Fazendo uma analogia simplista: não dá para abastecer um avião com combustível ordinário.

  7. ubuntued diz:

    Com esta situação já houve alguns melhoramentos no OpenGL (se não me engano) e a nVidia anda a trabalhar a todo o gás! Portanto indiretamente o mundo open-source está a crescer com este software proprietário! E é precisamente nisto que eu acho que é benéfico que venham estas empresas para no nosso mundo livre! ;)

    Com isto quero dizer que esta é uma excelente noticia! Aliás, só não digo que seja a notícia do mês pois para a semana temos uma ainda melhor! Espero que com isto o potencial do Linux seja ainda maior! É que caso isso ocorra, teremos muitos investimentos nele e só teremos a ganhar! :)

    Excelente notícia Ron! ;)

  8. Strobe diz:

    como eu queria ter uma placa "digna" pra testar o steam :D
    agora muita gente irá migrar pro linux,vamos escutar muita gente falando "eu uso o linux"

Deixe um comentario