O BlockSite é uma extensão criada por Erik van Kempen a pedido de um amigo. Segundo o que o autor conta, foi criado para ajudar um amigo no seu “vício” pela Internet .

O que não se esperava era que se tornasse numa extensão com usos tão abrangentes como controlo parental e controlo de trabalhadores em ambientes empresariais.

Mas a extensão não bloqueia apenas o website inserido, algo que algumas extensão falham, mas, sim, todo o domínio partilhado. Para além disso, ainda irá remover de outras páginas as hiperligações para os websites bloqueados.

De forma a aumentar a segurança também é possível inserir uma password, para que ninguém altere as definições que você inseriu.

Instalação

Poderá instalar esta extensão clicando no botão que encontra à sua direita, esta extensão funciona com a versão mais recente do Firefox se ainda não a instalou visite o seguinte artigo para saber como.

Instale o Firefox4 no Ubuntu

Caso não confie no Ubuntued poderá visitar a página da extensão no site da Mozilla.

BlockSite :: Add-on for Firefox

 

Configuração

De forma a configurar a sua lista de bloqueios terá de abrir a página de extras do Firefox (Ctrl+Shift+A).

Clicando no botão Preferências acederá à janela de configuração do BlockSite. As primeiras opções referem-se a opções gerais do programa:

  • Enable BlockSite: Ative-o para o programa funcionar.
  • Enable Warning Mensages: Poderá desativar esta opção se não quiser que se saiba que os sites foram bloqueados, com a opção activada aparecerá um pequeno aviso.
  • Enable Link Removal: Nesta opção poderá fazer com que os links para as páginas desativadas desapareçam.
  • BlackList/WhiteList: Com o Blacklist ativado os sites da lista serão bloqueados, com o Whitelist terá todos os sites bloqueados exceto os da lista.

Na opção de autenticação poderá inserir uma password para no futuro poder aceder às definições do Blocksite. É uma opção para aumentar ainda mais a segurança do programa.

Por último terá uma lista onde poderá adicionar os websites que deseja bloquear (ou permitir, dependendo das definições anteriores). Poderá também exportar a lista de sites para um ficheiro de forma a ter sempre um backup (cópia de segurança) das suas definições.

Lembre-se de colocar os websites da seguinte forma:

http://teste.com/*

Com esta definição, como o asterisco, todos os websites que comecem por “http://teste.com/” serão sempre bloqueados.

Caso o website tenha domínios do tipo “http://site1.teste.com/” e “http://site2.teste.com” eles não serão bloqueados com as definições anteriores, para prevenir estas situações insira um asterisco também antes:

http://*.teste.*

Na extração da lista de demonstração ficará com a seguinte informação em ficheiro:

[BlockSite]
http://*.facebook.*
http://ubuntued.info/*

Atenção: não bloqueie a sua página preferida, o Ubuntued, isto é apenas um exemplo! ;)

 

Dica para Controlo Parental

Se desejar utilizar esta extensão para Controlo Parental no Firefox estas poderão ser as melhores definições:

Enable BlockSite
Enable Link Removal
Blacklist

Enable Autentication

Depois, deverá bloquear os sites que acha pertinentes para controlo parental, nomeadamente redes sociais.

4 Respostas ate agora.

  1. Gramathur diz:

    Parabéns pelo artigo, Pedro Lobo! :)
    Muito completo e muito bem feito!!

    Esta extensão é muito útil. É muito boa mesmo!
    Uso aqui e a considero uma ferramenta indispensável!

  2. Cláudio Novais diz:

    Obrigado Pedro por este excelente artigo. Já vou poder filtrar sites que não me interessam! ;)

    Abraço

  3. Bráulio M diz:

    FANTÁSTICO !!!
    Excelente artigo !
    Nada de programas pessados ! Ou configuração em servidores com Squid.
    Apenas : Instalar alguns Kb !
    Vlw !

Deixe um comentario