Ubuntu Phone OS disponivel para download e testes

O Ubuntu Phone OS (que talvez irá ter o nome de Ubuntu Touch) já está disponível para os utilizadores experimentarem! O objetivo destas primeiras versões é claro: proporcionar o sistema para os programadores testarem e desenvolverem novos softwares. Claro que mesmo você não sendo um programador pode testar e ver qual o estado atual.

Neste artigo iremos apresentar a compatibilidade que este sistema tem, quais as funcionalidades que já proporciona, como poderá ter este sistema e uma pequena análise do seu estado atual.

Antes de mais queremos frisar que o Ubuntu Phone OS foi publicado há muito pouco tempo e portanto, obviamente nós ainda não o testamos (até porque nos falta material/dispositivos para realizar os testes). Em todo o caso, há já muita informação relevante que podemos apresentar a você.

 

Compatibilidade do Ubuntu Phone OS

Ubuntu Phone OS atualmente está construído para poucos dispositivos móveis, espera-se que nos próximos tempos a comunidade juntamente com a Canonical consiga produzir as compatibilidades necessárias para a maioria dos dispositivos móveis.

Pelo que é referido na página do Ubuntu Phone OS, eles centram-se claramente na família Nexus. Tal como pode ver nessa página, atualmente o Ubuntu Phone OS está compatível (e não a 100%) para os seguintes dispositivos:

  • Samsung Galaxy Nexus
  • LG Nexus 4
  • Google Nexus 10
  • Google Nexus 7

 

Estado atual do sistema

phone-home-design-269x185O estado atual do sistema é claramente um estado em início de desenvolvimento. Não só está completamente limitado a uma pequena gama de dispositivos, como também tem uma série de problemas que ainda não foram desenvolvidos.

Sem andar com rodeios, ao nível de comunicação, praticamente só o Wifi funciona e nem é possível ligar/desligar. Os dados 3G não funcionam e o GSM (comunicações de voz e SMS) provavelmente irão funcionar mal. O bluetooth também não irá funcionar.

Para além disso não tem sistema de sessões para haver vários utilizadores, não tem modo landscape (ter o smartphone virado na horizontal), não existe controlo aprimorado da memória, a câmara poderá não funcionar, bem como a reprodução de vídeo e áudio. É claramente um sistema nu que tem um único objetivo: proporcionar um ambiente suficiente para que os programadores possam desenvolver novas aplicações.

 

Aplicações

Em termos de aplicações tal como já se tinha referido pela Internet e pelas apresentações da Canonical no CES, existe poucas as que funcionam. Atualmente o utilizador terá acesso às seguintes aplicações:

  • Galeria de imagens
  • Phone (funcionalidades para chamadas, livro de endereços e SMS)
  • Camera (que não irá funcionar)
  • Navegador de Internet
  • Reprodutor de música (provavelmente também não funcional)
  • Editor de textos

De resto o programador terá algumas funções adicionais para poder trabalhar no sistema, nomeadamente o SSH.

Nos próximos tempos, provavelmente as primeiras aplicações a serem adicionadas serão o Ubuntu One, para proporcionar o ambiente cloud que certamente será muito usado nas aplicações do Ubuntu Phone OS; aplicações das redes sociais como Twitter e Facebook; e possíveis aplicações de meteorologia.

Aspeto do Ubuntu Phone OS

Licença do Ubuntu Phone OS

A licença do Ubuntu Phone OS é algo que todos nós devemos analisar melhor. A primeira coisa que a canonical apresenta sobre o Ubuntu Phone OS é precisamente a licença dizendo que não poderá ser comercializado e claro, como qualquer outro software não dá garantias. Até aqui tudo bem.

Depois especifica que algumas das licenças poderão ter alguns direitos adicionais, isto provavelmente ocorre por causa de certos drivers para comunicarem com os dispositivos. É necessário uma avaliação mais cuidada sobre este assunto, mas pelo que percebemos esses “direitos adicionais” estão correlacionados com as compatibilidades com o hardware (≃drivers).

Relativamente ao código do Ubuntu Phone OS, eles dizem que é código aberto e até dizem que podemos acedê-lo ao site archive.ubuntu.com, no entanto este site inclui o Ubuntu normal. Daí que seja normal que o código seja aberto.

 

Download e instalação

Tal como referimos anteriormente, nós não temos um dispositivo para testar o Ubuntu Phone OS. No entanto, o utilizador desde já deve estar ciente que para instalar este sistema precisa de ter o seu dispositivo Nexus desbloqueado.

A página seguinte contém tudo o que você precisa de saber para instalar o Ubuntu Phone OS, aliás, até explica como reverter para o Android. Inicialmente explica como preparar o seu Ubuntu desktop para realizar o processo, explica como desbloquear o dispositivo, como configurar a imagem a instalar, como instalar e por fim, caso queira voltar, explica como reverter o processo.

Para além desta página acima, você poderá estar interessado em saber como trabalhar depois com o sistema (link abaixo). Para isso recomendamos que você leia esta página que não só inclui a descrição de problemas conhecidos como também explica certas coisas que são necessárias saber para trabalhar no sistema, nomeadamente acessos via SSH e até informação relativa ao SDK para o desenvolvimento de aplicações.

 

Opinião pessoal

phone-home-industry-269x192Tal como era previsível, muitas das funcionalidades apresentadas nos vários trailers eram apenas mockups do que eles querem ter em Outubro de 2013 (altura em que vão publicar uma imagem final do sistema).

Funcionalidades básicas de comunicação são o maior problema do Ubuntu Phone OS, pois os utilizadores que quiserem experimentar o sistema ficarão limitados, não poderão realizar chamadas. Pelo menos é isso que é referido, que o sistema está bem instável nesse aspeto.

Para além disso, a situação das licenças é complicada. Não estamos a criticar a Canonical. Apenas dizemos que é algo complicado pois como ela está a fazer uso de dispositivos de outras empresas (os Nexus), é necessário usar os drivers desses dispositivos que normalmente têm sempre licenças que restringem. Talvez um dia (muito pouco provável) a Canonical consiga produzir drivers mais livres. Mas na minha opinião isso só será possível quando alguma empresa se se interessar em trabalhar em conjunto com a Canonical. O que também é algo difícil quando falamos em sistemas completamente open-source.

Relativamente às limitações, é pena haver tão poucas aplicações e as que tem, pouco funcionam. O que é estranho pois nas apresentações do CES algumas coisas funcionavam e agora dizem que não, nomeadamente a câmara.

 

E você leitor do Ubuntued?
Vai experimentar o Ubuntu Phone OS?

 

14 Respostas ate agora.

  1. Julio Cesar diz:

    Dá para roda-lo no Nokia N810?

  2. Magrão diz:

    pow so tem pra nexus. fala serio pow

  3. wool diz:

    instalei e minha camera funciona normalmente

  4. Há possibilidades de instalar no iPhone 5?

  5. Fabiano Leite diz:

    Para quem não entendeu ainda, esse preview é para desenvolvedores, depois, somente depois estará disponível para usuários mais avançados para que os mesmos passam usar e reportar bugs e sugestões para os desenvolvedores, depois quando ele estiver redondinho ai sera disponibilizado para o usuario final em celulares com o Ubuntu Phone OS ja instalados.

  6. @c42759 diz:

    Eu acho que era bom podermos testar numa virtualização no ubuntu 12.10 assim nem seria necessário instalar num smartphone para termos um pouco a visão do ubuntu phone os

  7. Luiz carlos diz:

    A Canonical surpreende em dose dupla, fez barulho anunciando algo, e libera " uma verdadeira miragem" .
    Aleluia, se alguém dispõe de um destes equipamento, mesmo abandonado na gaveta, já podem testa-lo, isto é formidável !
    Sem uma parceria sólida de algum fabricante de hardware, as dificuldades se multiplica.

    • DOuglas diz:

      eu usei o sistema por 30 min e ja reinstalei o Android :D
      muito lindo o UBUNTU e muito funcional, mas infelizmente esse preview é bem limitado, baixei quase 800MB
      pra mexer em mackups???!!! sim
      mas tem coisas que funcionam e isso pra mim ja valeu o esforço do teste

  8. Pedro diz:

    era preferivel terem lançado o sistema pelo menos com rede movel a trabalhar bem, para que possa ser testado e para que se possa ajudar a reportar probs e bugs etc. so no dia-a-dia e que damos a utilização devida. ninguem tem um nexus parado em casa apenas para testes.

    • Cláudio Novais diz:

      Pois, foi o que eu achei! Se dessem garantias das comunicações funcionarem, por mim era algo bastante razoável. Agora, ficar sem um dispositivo quase por completo, é complicado.

Deixe um comentario


Pesquisar


Publicidade

  • Forum Do Ubuntued
  • Ubuntu Dicas
  • Ubuntu-BR-SC
  • Tomates Podres
  • Servidores com Ubuntu desde 5$ do mês
  • Anuncie no Ubuntued!